Ufal participa de curso Disseminadores de Cidadania

Reitora e professor estão entre os palestrantes
Por: Lenilda Luna - jornalista - 15/08/2019 às 07h40
context/imageCaption

Pedro Guido, presidente do Instituto Sílvio Vianna

A reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Valéria Correia, e o professor José Menezes, pesquisador em Economia Política e professor da Ufal, estão entre os palestrantes da 27ª turma do curso Disseminadores de Cidadania, promovido pelo Instituto Silvio Vianna. O curso começa no dia 20 de agosto e tem dez módulos, às terças e quintas, a partir das 19h, no Senac-Poço. 

O tema de abertura, no dia 20, será com o Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Everaldo Patriota, que vai falar sobre Estado, Poderes e Cidadãos. O professor José Menezes vai apresentar o tema Dívida Pública e Subdesenvolvimento, no dia 22 de agosto. Já a reitora Valéria Correia, que tem doutorado sobre Controle Social das Políticas Públicas, vai proferir palestra com esse tema, no dia 5 de setembro. 

O curso prossegue até o dia 19 de setembro e conta ainda com as palestras: Função Social do Tributo, com o delegado da Receita Federal em Maceió, Plinio Alves Feitosa; Controle da Gestão Pública, com o auditor Federal da Controladoria Geral da União (CGU), Sérgio Studart; Portal da Transparência, ministrada pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, Gustavo Santos; Orçamento Público, com o secretário do Tribunal de Contas da União, Claudivan Costa; Licitação e Contrato, proferida pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Rodrigo Cavalcante; O Papel do Ministério Público, com a procuradora da República, Roberta Bonfim; e Atos Ilícito na Administração Pública, ministrada pela  promotora de Justiça, Karla Padilha. 

O presidente do Instituto Silvio Vianna, Pedro Guido, destaca que o objetivo principal do curso é fornecer informações fundamentais para que as pessoas possam exercer o papel de cidadãos. “Isso significa saber o que acontece na gestão do seu local de moradia. A administração pública interfere na nossa vida, do útero ao cemitério, então, nós cidadãos precisamos entender a Constituição para saber nossos direitos e nossos deveres e saber como cobrar ao administrador público para que as leis sejam cumpridas em benefício de toda sociedade”, ressalta Guido. 

O curso é gratuito e fornece certificado e material impresso. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (whatsapp) 99969-8770 e pelo email institutosilviovianna@hotmail.com 

Sobre o Instituto 

O Instituto Silvio Vianna é uma entidade de promoção da cidadania, sem fins lucrativos, que leva o nome do chefe de arrecadação da Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz), assassinado no dia 28 de outubro de 1996, dia do funcionário público. As investigações revelaram que o crime de mando tinha relação com a investigação sobre um acordo fiscal que causou prejuízos aos cofres públicos. 

O nome de Silvio Vianna passou a ser símbolo da seriedade e compromisso na condução da gestão pública. Em 2008, o Estado de Alagoas instituiu a Medalha Sílvio Vianna, para reconhecer e premiar aos servidores públicos que se destacam pelo cumprimento do serviço em defesa da garantia dos interesses públicos, como determina a Constituição Federal de 1988.