Portal do Governo Brasileiro

Neab e MPF realizam audiência para debater formas de comprovar autodeclaração de candidatos por cotas

A audiência atende à determinação da portaria que regulamenta o procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração dos candidatos negros
14/05/2018 às 14h53 - Atualizado em 16/05/2018 às 15h10

Redação Ascom Ufal


O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (Neab), a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Trabalho (Progep), e o Ministério Público Federal (MPF) de alagoas, representado pela Procuradora da República, Niedja Kaspari, estão convocando audiência pública para esta quarta-feira (16), às 13 h, no auditório do LCCV da Ufal, para debater a Portaria Normativa n. 4, de 6 de abril de 2018, que determina a formação de comissões de heteroidentificação.

Estas comissões têm o objetivo de verificação fenotípica para os concursos públicos e processos seletivos da graduação e pós-graduação na Ufal. “A Ufal foi a terceira instituição de ensino superior federal a aprovar a implementação do Programa de Ações Afirmativas (PAAF), e tem potencial para elaborar proposta que ratifique a autodeclaração como premissa fundamental”, destaca a nota convocatória.

 

Veja a nota convocatória na íntegra em anexo