Novo doutorado da Ufal vai intensificar pesquisas em Saúde

O curso de pós-graduação stricto sensu em Ciências da Saúde, do ICBS, nasce com o apoio de professores de outras unidades e instituições
26/03/2013 às 12h42 - Atualizado em 14/08/2014 às 10h30
context/imageCaption

Professores Magna Suzana e Geraldo Brasileiro

Manuella Soares - Jornalista

“Um marco não só para a Ufal, mas para Alagoas”. As palavras foram ditas pela professora Magna Suzana Alexandre Moreira, na aula inaugural do primeiro curso de doutorado em Ciências da Saúde do Estado. A coordenadora do programa do Instituto de Ciências Biológicas falou sobre as dificuldades enfrentadas ao longo do processo de doutoramento da pós-graduação do ICBS e ressaltou o compromisso de todos.

“Que nós possamos caminhar juntos nesse novo desafio, porque requer muito mais dedicação e que a gente possa dar o retorno à sociedade”, completou Magna. Também estiveram presentes à aula inaugural, a diretora do ICBS, Theresinha de Jesus Calado; a coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica e reperesentante da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, Sílvia Uchôa; além de representantes dos discentes e dos docentes colaboradores externos. O convidado para a palestra intitulada “Papel da pós-graduação brasileira na área da saúde” foi o professor Geraldo Brasileiro, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Ao externar o desejo de sucesso aos professores e alunos, Brasileiro frisou a satisfação em retornar a Maceió para celebrar um novo curso de doutorado. “Alegria, satisfação e emoção fazem parte da nossa vida. É sempre bom voltar, especialmente por um motivo como esse, que merece ser celebrado. Todo o sistema educacional é o que confere qualidade de vida, cidadania e dignidade a qualquer pessoa. Nós estamos no caminho certo, dando passos adiante. Isso que vivemos aqui é uma das demonstrações”, destacou.

Ciências da Saúde

O primeiro curso de doutorado do ICBS já tem 10 alunos matriculados, a maioria oriundos do mestrado em Ciências da Saúde, e conta com a disponibilidade dos professores que já lecionam na pós-graduação do Instituto. De acordo com a coordenadora do programa, Magna Suzana, alguns professores são ex-alunos do ICBS e outros colaboradores fazem parte do corpo docente de Unidades Acadêmicas da Ufal e instituições como Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), como é o caso do professor Vivaldo Moura, também presente à solenidade de abertura do curso.

Entre os objetivos do doutorado estão a capacitação de recursos humanos nas áreas biológicas e da saúde para o ensino e a pesquisa, possibilitando a ampliação de pessoal qualificado no Estado e na região. O curso vai permitir o desenvolvimento de trabalhos com ênfase na análise e busca de soluções locais para problemas específicos regionais ou globais que afligem a população.

As linhas de pesquisa contempladas no Programa são: Neurociência Clínica e Experimental; Epidemiologia Molecular; Terapêutica Experimental; e Bases Morfofuncionais do Sistema Endócrino. Depois de sete anos do início do mestrado em Ciências da Saúde, o ICBS dá um novo passo que pode, em breve, contribuir com as pesquisas e a ciência em Alagoas.