Seminário discute o desenvolvimento de cidades médias


07/10/2011 10h09 - Atualizado em 13/08/2014 às 11h08
context/imageCaption

Mesa de abertura do evento

Myllena Diniz e Renata Menezes – estudantes de Jornalismo

O Brasil vem crescendo nos últimos seisanos e as cidades médias, que possuem entre 200 e 500 mil habitantes, vêm acompanhando esse crescimento, apresentando um dinamismo econômico e social intenso. Nesse cenário, surgiu a Rede Brasileira de Estudos sobre Cidades Médias (RedBCM), com a preocupação de estudar os problemas nascentes nessas cidades numa perspectiva multidisciplinar e orientar a agenda de políticas públicas.

O projeto da RedBCM nasceu na UFPE, no Núcleo de Estudos do Desenvolvimento Econômico e Regional, sob a coordenação de professores e cientistas da universidades. Isso explica a realização do seminário “Cidades de Porte Médio no Brasil: Espaços em Transição”, organizado pela Feac, pelo Mestrado em Economia Aplicada e pelo PET Economia.

O evento está sendo realizado no auditório da Reitoria do campus A. C. Simões e conta com a exposição “Celso Furtado: Vocação Nordeste (1958-1964)”. A cerimônia de abertura aconteceu no dia 5 de outubro, às 19h, e teve a participação da magnífica Reitora Ana Dayse (Ufal), do coordenador da RedBCM, Marcos Costa Lima, da diretora do Centro Internacional Celso Furtado, Rosa Furtado, da professora da UFPE, Tânia Bacelar, além dos professores Fábio Guedes e Luiz Antônio, da Feac/Ufal.

Após a abertura, aconteceu a conferência “Evolução econômica recente do Nordeste e o papel da cidade de porte médio”, com Tânia Bacelar, que discutiu o novo cenário econômico do Nordeste, relacionando políticas sociais a políticas econômicas e a atração de investimentos para a região.

O evento continua até sábado, dia 8 de outubro, quando será realizado o minicurso “Atualidade do pensamento de Celso Furtado”, no período da manhã. Até lá serão discutidos temas relacionados ao desenvolvimento sócio-econômico e de políticas públicas direcionados às cidades médias, das 8h30 às 18h30.