Portal do Governo Brasileiro

Ufal homenageia servidores em processo de aposentadoria e aposentados

As homenagens serão realizadas bimestralmente, sendo uma forma de reconhecer o trabalho dos servidores
Por: Pedro Ivon – estagiário de Jornalismo - 11/10/2018 às 10h41 - Atualizado em 11/10/2018 às 10h42
context/imageCaption

Homenagem aos servidores aposentados. Foto: Renner Boldrino

A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) realizou, na manhã desta quarta-feira (10), na Sala dos Conselhos, uma homenagem aos servidores aposentados ou em processo de aposentadoria dos meses de setembro e outubro. O evento foi iniciado com uma apresentação cultural, envolvendo um recital de poemas pelos professores Ricardo Cabus e Otávio Cabral e apresentações de violino por Josélio Rocha.

Compuseram a mesa de abertura da solenidade a reitora Valéria Correia, a coordenadora da Coordenação de Qualidade de Vida do Trabalho (CQVT), Rosineide Cerqueira, a diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), Morgana Duarte, o diretor do Instituto de Matemática (IM), Isnaldo Isaac, o vice-diretor do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Arte (Ichca), Otávio Cabral, a diretora cultural da Associação de Docentes da Ufal (Adufal), Socorro Dantas, e o presidente da Associação dos Trabalhadores da Ufal (Atufal), Paulo Omena.

“A partir de hoje a gente inaugura uma fase importante na Universidade, de homenagear todos que serviram por anos, se doaram a esta instituição, seja em sala de aula, seja na pesquisa, na extensão, ou nas atividades meios, para que pesquisa, ensino e extensão acontecessem”, destacou Valéria.

No dispositivo de honra, recebendo as homenagens, estavam a auxiliar de enfermagem Edleide Duda da Silva, o professor Geraldo Majela, o também docente professor Antônio Lopes, a cirurgiã dentista Sonia Maria Soares e a servidora da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (Feac), Cecília Lustosa.

Após a mesa de abertura foram feitas as devidas homenagens aos então servidores e ex-servidores, seguida da entrega dos certificados de reconhecimento. “Eu quero parabenizar a administração da Ufal por essa iniciativa, que eu acho que tem uma sensibilidade muito grande”, falou o docente Geraldo Majela, representando os homenageados ali presentes.

Homenagens como essa serão mais regulares, acontecendo bimestralmente na Ufal. “O aposentado é tido como aquela pessoa que depois não vai fazer nada e, a gente, nesse momento, tem que dizer que eles fizeram muito e que eles podem continuar fazendo como voluntários da Universidade”, finalizou, como um convite, a reitora Valéria.