Grupo de Medicina da Ufal traduz textos científicos sobre Covid-19

Contribuição é para disponibilizar conteúdos internacionais sobre o vírus aos profissionais de saúde e à comunidade acadêmica
Por: Manuella Soares - jornalista - 01/04/2020 às 15h09 - Atualizado em 01/04/2020 às 19h16
context/imageCaption

Bruno Quintela, integrante da equipe de tradução

Informação confiável é uma das regras no combate à pandemia de Covid-19 que atingiu todos os continentes do mundo. O trabalho de dois professores da Ufal segue a premissa de tornar públicos conteúdos importantes a partir de fontes internacionais. Por isso, Michael Machado e Divanise Suruagy, estão debruçados na tradução de artigos publicados sobre o vírus em renomadas revistas científicas da área da saúde.

Os docentes do curso de Medicina do Campus  Maceió e Arapiraca, junto com três alunos, criaram o que chamam de ComunicaSaúde: força tarefa contra o Covid-19. “Toda pandemia gera medo, preocupação, e recebemos muitas notícias falsas, informações desencontradas, que geram a busca por medicamentos sem comprovação científica, por exemplo”, ressaltou Michael.

Ele conta que as principais revistas científicas internacionais da saúde, como The lancet, BJM, The New England Journal of Medicine, abriram acesso gratuito para todos os artigos, textos e correspondências sobre o tema. Foi analisando esse material que surgiu a iniciativa.

“Começamos a ler essas produções e vimos a necessidade de divulgar para os profissionais da rede de saúde e a comunidade em geral o que estava sendo estudado pelos grandes centros de saúde”, destacou.

A ação está sendo executada no blog do Mestrado Profissional em Saúde da Família (ProfSaúde) que destinou o espaço para contribuir por meio de um programa de voluntariado acadêmico. Participam os alunos Antônio Carlos Barbosa Gama Filho, Bruno Quintela Souza de Moraes e Fernanda Bastos Bispo Ferreira.

Os artigos discutem aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos, voltados para a atenção primária à saúde, pesquisa de uso de medicamentos e relatos de experiência dos profissionais de saúde sobre o cotidiano do Covid-19. Entre os temas já disponíveis estão as características e resultados de pacientes; coronavírus da gravidez; cuidados dos médicos ao voltarem pra casa; e fatores de risco para a mortalidade.

Michael explica que por causa da linguagem técnica do material, o público alvo dessa ação são os profissionais de saúde e a comunidade universitária. Confira aqui.

Outros textos ainda estão em fase de revisão e a comunidade em geral também pode acessar o blog que contém materiais de educação em saúde, produzidos pela Fiocruz e Anvisa, que auxiliam nos cuidados realizados por toda a população.