Portal do Governo Brasileiro

Programa de Residência Pedagógica é inaugurado na Ufal

Bolsistas Pibid e iniciantes do programa de residência receberam as boas-vindas da Gestão
Por: Eduardo Lira - estagiário de Relações Públicas - 30/08/2018 às 12h56 - Atualizado em 11/09/2018 às 08h51
context/imageCaption

Solenidade de abertura das atividades do Pibid e da Residência Pedagógica. Fotos: Renner Boldrino

Aconteceu na tarde da última terça-feira (28), a abertura dos programas institucionais de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e Residência Pedagógica (RP). Durante a cerimônia, a Gestão da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) explanou para um auditório lotado de estudantes, professores e coordenadores dos cursos das licenciaturas sobre as conquistas e os desafios futuros para ambas ações de aprendizagem. 

Estiveram presentes na mesa a reitora da Ufal, Valéria Correia, a pró-reitora de Graduação, Sandra Regina Paz, a coordenadora de desenvolvimento pedagógico, Suzana Maria Barros, a coordenadora institucional do Pibid, Danielle Araújo, a coordenadora institucional de Residência Pedagógica, Yana Liss Soares, a representante da Secretaria Municipal de Educação, Maria Isabel Almeida e a dirigente Municipal de Educação de Satuba, Jane Gleide Acioly. 

Na cerimônia, a reitora Valéria Correia deu boas-vindas aos bolsistas e salientou a importância do apoio na luta contra as tentativas de cortes na educação superior. “Nesse momento, estamos em uma investida contra a possibilidade de cortes da Capes e CNPq que implicaria no fim das bolsas a partir de agosto de 2019. Acredito que quem está aqui levará até as escolas esse compromisso de lutar e defender a educação pública, gratuita e de qualidade, que é a nossa missão”, ressaltou. 

A pró-reitora Sandra Regina Paz, durante momento de fala, se emocionou ao abordar os  empecilhos enfrentados até a concretização do Programa de Residência Pedagógica na Ufal. “Ver vocês aqui é acreditar na força da juventude, de perceber que valeu a pena os inúmeros abaixo-assinados, os vários atos e movimentos de apoio, as escolas que nos acolheram, então é um momento de muita emoção, perceber que a nossa luta não foi em vão”, destacou. 

Ao final da cerimônia, o professor de Letras da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRP), Hugo Monteiro, ministrou a palestra Os desafios das políticas de formação de professores da educação básica no cenário político atual para os iniciantes dos programas científicos. Hugo abordou questões de inclusão, cerceamento na liberdade de expressão dos professores e ressaltou o papel das universidades na formação dos mesmos. 

A Ufal também promoveu um seminário de abertura dos programas no Campus Arapiraca, nesta quarta-feira (29), com palestra da professora Gorete Amorim. Já o Campus do Sertão vai receber a programação nesta sexta-feira (31), às 14h, no auditório Graciliano Ramos, em Delmiro Gouveia. A professora Edna Prado fará a conferência com o mesmo tema.

Residência Pedagógica 

No mês de junho, a Ufal disponibilizou 480 vagas para bolsistas e 107 para colaboradores interessados em ingressar no novo programa de iniciação científica, a Residência Pedagógica. As áreas contempladas foram artes, línguas portuguesa, inglesa e espanhola; química; filosofia; sociologia; educação física; matemática; história; física; geografia e pedagogia. 

O programa foi criado este ano pela Capes e consiste em projetos de ensino e estudos que fundamentam práticas inovadoras nos campos das licenciaturas, onde os bolsistas manterão desempenho acadêmico compatível com suas atividades e colaborarão diretamente com professores da área de atuação. Eles serão orientados na Universidade e serão supervisionados por professores da educação básica nas escola participantes.