Quarto dia de expedição científica no Rio São Francisco é marcado por música em Traipu

Por: Manoel Oliveira Jr - enviado especial da Ascom Ufal - 22/11/2019 às 19h07 - Atualizado em 22/11/2019 às 21h27
context/imageCaption

Crianças em visita à embarcação (Foto: Elton Lima)

A terra dos músicos não poderia recepcionar a expedição científica do Rio São Francisco de outra maneira, se não com música. Foi assim na chegada da embarcação em Traipu, por volta das 12h30 do dia 21 de novembro, com banda fanfarra, e também à noite, com show durante o jantar oferecido pela secretária municipal de Turismo, Cultura e Igualdade Racial, Suely Galvão. Além das atrações musicais, a chegada em Traipu contou com queima de fogos e a presença do prefeito Cavalcante, de vereadores, autoridades municipais e a população.

Na cerimônia de recepção, o professor Leonardo Viana, do Instituto de Computação (IC) da Ufal, que é um dos organizadores da expedição, falou sobre a necessidade da construção de um programa de monitoramento permanente dos ecossistemas aquáticos de Alagoas. O ambientalista Jackson Borges, fundador do Museu Ambiental Casa do Velho Chico, parabenizou a iniciativa da expedição. Considerado o mestre do Rio São Francisco, Jackson disse que "é uma oportunidade única de unir o conhecimento científico e o conhecimento empírico, ouvindo os pescadores e a comunidade em geral".

Ainda na cerimônia de recepção, a vereadora Vânia Bezerra falou sobre a necessidade de unir forças entre os pesquisadores acadêmicos e os agentes públicos, e lamentou a medida de cortes de investimentos na área da educação e da ciência. Os trabalhos continuaram em ritmo intenso na embarcação, que recebeu recorde de visitas com cerca de 400 estudantes do município. Para verificação da qualidade da água, pesquisadores coletaram amostras de água do rio, na extensão de Belo Monte e de Traipu. Em terra, as equipes visitaram pescadores e agricultores da região e ainda plantaram mudas de árvores, em atividade que integrou os pesquisadores e a comunidade.

Neste dia 22, a expedição segue em seu quinto dia, visitando as cidades de Porto Real do Colégio-AL e Propriá-SE. Ao longo dos dez dias de expedição, você poderá conferir informativos diários em nosso portal, além de flashes na Rádio Ufal, podcasts para a Rádio Ufal e Spotify, e também em nossas redes sociais.