Bienal do Livro realiza plantio de 25 mudas na Ufal

Ação faz parte da campanha Bienal Sustentável; espaço será batizado de Bosque Moçambique
Por Ascom Bienal
02/10/2019 11h45 - Atualizado em 07/10/2019 às 14h41
context/imageCaption

Como parte das ações planejadas dentro da Campanha Bienal Sustentável, será realizado, às 16h30 da próxima sexta-feira (4), um plantio de mudas no Centro de Interesse Comunitário (CIC), na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O novo espaço será nomeado de Bosque Moçambique, inaugurando as celebrações em torno do país homenageado pelo evento deste ano. A ação reforça o compromisso firmado pela 9ª Bienal do Livro de preservação e respeito ao meio ambiente.

Ao todo serão plantadas 25 mudas, doadas pelo Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) e pelo Centro de Recuperação de Áreas Degradadas do Baixo São Francisco, da Universidade Federal de Alagoas (Crad/Ufal), que darão ao Campus A.C. Simões mais uma área verde. Cada árvore representa uma das 25 obras selecionadas no Edital de Publicação de Livros, lançado pela Edufal.

Além do plantio, atrações culturais compõem a programação, como a cantora Naná Martins, que fará um pocket show. As pessoas presentes também poderão provar um pouco da gastronomia moçambicana, com pratos típicos do país sendo servidos ao público.

Na ocasião, estarão presentes a reitora da Universidade Federal de Alagoas, Valéria Correia, e a coordenadora-geral da 9ª Bienal, professora Elvira Barretto, dentre outras autoridades.

A Bienal Sustentável é uma campanha que estimula a consciência ambiental, desenvolvendo ações de sustentabilidade e de respeito à natureza. Dentre elas está o uso de sacolas de papel, em lugar das sacolas plásticas, bem como a não distribuição de folders e panfletos, optando por realizar a comunicação visual por meio de totens e banners, evitando o descarte indiscriminado de resíduos.