Aulão do Conexões de Saberes promove desafio do balde de gelo coletivo

O objetivo foi arrecadar recursos e conseguir mais apoio para as pesquisas sobre a Esclerose Lateral Amiotrófica

01/09/2014 11h56 - Atualizado em 01/09/2014 às 17h23
context/imageCaption

O aulão foi bastante animado

Ascom com informações do Programa Conexões e da Arela 

O desafio do balde do gelo realizado na tarde de domingo (31), durante o Aulão do Conexões de Saberes na Universidade Federal de Alagoas, foi marcado pela emoção e espírito de coletividade. Alunos e professores aceitaram o desafio proposto pelo grupo Os Desenrolados para ajudar à Associação Regional de Esclerose Lateral Amiotrófica (Arela) de Alagoas. O coordenador da Pró-Reitoria de Extensão da Ufal, José Roberto Santos, também aderiu à proposta. 

Tomaram banho de balde de gelo os professores e organizadores do Conexões, além dos integrantes do grupo “Os Desenrolados” e alunos. Outras pessoas foram desafiadas a aderir à causa, como os artistas locais Marlon Rossy, Christiano Marinho, Ivana Iza, Ed Gama e Marcos de Jesus, que devem aderir à campanha durante seus shows e apresentações em programas de TV. 

O desafio se estendeu ainda ao prefeito de Maceió, Rui Palmeira, e ao governador de Alagoas, Teotônio Vilela, com o intuito de ajudar na aquisição da sede e manutenção da associação dos portadores da Esclerose Lateral Amiotrófica (Ela). Os participantes do aulão também solicitaram o apoio da imprensa local na divulgação para que a campanha ganhe a proporção desejada no estado. 

O desafio do balde do gelo está ocorrendo em diversos lugares do mundo. Personalidades aderiram à campanha, que se tornou uma febre nas mídias sociais. O intuito é contribuir também com pesquisas em busca de tratamento e cura para a doença. A Ela é uma doença degenerativa do sistema nervoso, que vem afetando a milhões de pessoas. No Brasil são mais de 14 mil casos. Em Alagoas, está sendo feito um cadastramento, notabilizam-se mais de 100 casos diagnosticados, e outros estão sendo analisados. 

Além do banho de gelo, foi arrecadado durante o aulão um valor em dinheiro e os alunos tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a doença, escutar depoimentos de familiares de portadores da doença. "Esse foi um momento de muita emoção e de solidariedade. Não há nada melhor do que unir duas ações sociais tão importantes. Uma voltada para a Educação e outra para a Saúde", ressaltou Paulo Henrique, monitor do programa Conexões de Saberes. 

De acordo com o presidente da Arela em Alagoas, Fé Eduardo Mendes, está é uma iniciativa muito positiva, uma ação solidária que toca os corações. “Agradeço a todos do programa Conexão Saberes, ao grupo Os Desenrolados, a todos os professores e alunos pela iniciativa. Há muitas formas de ajudar, desde uma palavra amiga a um gesto como este. Peço de coração que abracem esta causa. Hoje porto uma doença rara que limita o meu tempo de vida. Assim como eu muitas outras pessoas tem alguma necessidade, que pode ser solucionada com um pouco de cada um de nós”, disse o presidente. 

A ideia de fazer o desafio do balde de gelo coletivo em prol da Arela foi proposta por Fábio Atual, diretor do grupo Os Desenrolados, e logo foi aprovada pela equipe do Programa Conexões Saberes. "Uma causa como essa não pode passar despercebida. Vamos fazer a nossa parte, pois as mudanças e melhorias dependem de nós para acontecer ", disse Fábio. 

Mais de 300 alunos participaram do aulão, que é fruto do projeto Pré-Enem Comunitário do Programa Conexões de Saberes da Ufal. Desde 2006, as aulas acontecem contribuindo para que alunos de origem popular se preparem para as provas. A edição do aulão do último domingo teve como tema “Linguagens, Códigos e suas tecnologias”. Contou com aulas de português, literatura, espanhol, inglês e redação. 

Quem desejar obter outras informações sobre a Arela-AL pode entrar em contato com a Assessoria de Comunicação: 82 9607-0647 / 8170-2715. 

Veja o vídeo do desafio coletivo.