Professor reúne em livro 50 crônicas sobre ilustres alagoanos

A obra conta as histórias dos encontros entre seus conterrâneos e personalidades mundiais
Por: Renata Morais - estagiária de Jornalismo - 01/04/2019 às 10h14
context/imageCaption

Capa do livro lançado no dia 21 de março. Foto: Divulgação

O professor do curso de Direito da Ufal e escritor alagoano, Fábio Lins, lançou sua mais nova obra literária, Atrevidos Caetés – 50 encontros entre alagoanos e personalidades mundiais. O autor relata fatos desconhecidos, ou pouco divulgados, sobre alagoanos que ousaram sair pelo mundo ou viver histórias incríveis, como a conversa do jurista Pontes de Miranda com Albert Einstein sobre física. O livro com mais de 450 páginas reúne 50 crônicas com mais de cem personagens ilustres da terra. 

Dedicadas longas horas à escrita e pesquisa do livro, o autor foi movido pela curiosidade de descobrir fatos e influenciar leitores a se identificar com seus conterrâneos. “Os inusitados e até improváveis encontros reais entre meia centena de alagoanos [a quem chama de atrevidos caetés] e algumas das mais expressivas personalidades mundiais serviram como pano de fundo para contar as histórias narradas neste livro, e estas, procuram pela força do exemplo, incentivar os leitores a ousar, a arriscar, a se aventurar, a sair do lugar comum e da zona de conforto”, revela Lins. 

O autor acumula uma extensa quantidade de obras voltadas ao direito, mas Atrevidos Caetés foi a primeira do gênero literário mais informal, no formato de crônica. As páginas da obra relatam encontros marcantes na história, política, artes e esportes. Ele cita como exemplo a entrevista do jornalista Arnon de Mello com Franklin Delano Roosevelt, sendo o primeiro repórter alagoano a conversar com um presidente americano. O livro também conta como foi o debate entre Ladislau Netto e Charles Darwin, entre outros momentos marcantes.

Para mais informações sobre a obra do professor Fábio Lins, acesse aqui.