Tonholo toma posse em Brasília como novo reitor da Ufal

Professor foi empossado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub
Por: Simoneide Araújo - jornalista (Fotos: Luís Fortes) - 28/01/2020 às 15h53 - Atualizado em 28/01/2020 às 20h09
context/imageCaption

Josealdo Tonholo assina termo de posse para o cargo de reitor da Ufal (Fotos: Luís Fortes_MEC)

Após completar 59 anos, no último 25 de janeiro, a Universidade Federal de Alagoas passa por mudanças com a chegada do novo reitor. O professor Josealdo Tonholo, 52 anos, foi empossado na manhã desta terça-feira (28), em Brasília, em cerimônia presidida pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub (cobertura pelo Flickr do MEC). “Estou assumindo a Ufal e não há momento mais oportuno que um aniversário para refletirmos sobre o nosso destino, sobre o dever dessa instituição que tem deixado marcas indeléveis na formação e na constituição educacional, social, econômica e cultural da sociedade alagoana. A Educação é transformadora e o Estado de Alagoas acredita na Ufal como vetor de transformação”, disse Tonholo em seu discurso de posse.

A solenidade também foi prestigiada por autoridades da sociedade alagoana e por representantes da comunidade acadêmica da Ufal, entre eles o futuro gestor do Hospital Universitário, Célio Rodrigues, da Pró-reitoria de Extensão, Clayton Santos, os reitores honorários Ana Dayse Dorea e Eurico Lôbo, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa de Alagoas, Fábio Guedes, além de José Carlos Lyra e Zezinho Nogueira, da Federação da Indústria de Alagoas. Josealdo Tonholo é bacharel e licenciado em Química pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto (1988), mestre e doutor em Físico-Química pelo Instituto de Química de São Carlos (1991 e 1997) da Universidade de São Paulo. É professor titular da Ufal, vinculado ao Instituto de Química e Biotecnologia (IQB).

O docente assume o desafio de gerir a Ufal no quadriênio 2020-2024, buscando legitimar o papel social, econômico e educacional da Universidade. “A melhor maneira de legitimar tudo isso é aproximá-la dos mais diferentes segmentos e setores da sociedade civil local: na sua dimensão produtivo-econômica, na sua dimensão político-partidária e na dimensão dos movimentos sociais. Nosso desafio é gigantesco, mas é também extremamente estimulante”, revelou.

Durante a cerimônia, Tonholo também destacou a importância do tripé que compõe a Universidade. “Que instituição é capaz de aliar, com tanta desenvoltura e rigor, ensino, pesquisa e extensão? Esse tripé institucional precisa ser reforçado, consolidado e atualizado, com inovação, arrojo e capacidade de gestão.  Sempre acompanhado dos princípios da administração pública, consagrados na Constituição – legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade e eficiência”, reforçou. 

Transmissão de posse em Maceió

A cerimônia de posse antecede a transmissão de cargo que acontece nesta quarta-feira (29), às 16h, no auditório da Reitoria, no Campus A.C. Simões, em Maceió. A professora Valéria Correia, reitora honorária da Ufal, vai conduzir parte da solenidade e passará o comando da Universidade para o reitor Josealdo Tonholo. 

Na mesma solenidade, o reitor dará posse à vice-reitora Eliane Cavalcante e aos pró-reitores de Extensão, Clayton Santos; Estudantil, Alexandre Lima; de Graduação, Amauri Barros; de Gestão de Pessoas e do Trabalho, Wellington da Silva; de Gestão Institucional, Renato Luiz; e de Pesquisa e Pós-graduação, Iraildes Pereira. Também serão empossados o superintendente de Infraestrutura, Dilson Batista, e o chefe de Gabinete, Ubirajara Oliveira.