Ufal recebe avaliadores do MEC para recredenciamento da EaD

Comissão participará de reuniões, análises documentais e visitas até sexta-feira (23)
Por: Ascom Ufal - 22/08/2019 às 10h05 - Atualizado em 22/08/2019 às 13h46
context/imageCaption

Reunião com a reitora Valéria Correia e gestores. Foto: Pedro Ivon

A equipe de avaliadores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (Mec), realizou nessa quarta-feira (21) o primeiro dia de atividades do Recredenciamento da Educação a Distância (EaD) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). 

Os avaliadores foram recebidos pela reitora Valéria Correia, pelo vice-reitor José Vieira, pela procuradora Educacional Institucional (PEI), Jusciney Carvalho, pelo coordenador-geral da Coordenadoria Institucional de Educação a Distância (Cied), Diego Souza, e demais gestores da Universidade. 

As atividades tiveram início na Reitoria com uma reunião entre dirigentes e avaliadores. Na ocasião, foi apresentado um vídeo institucional sobre a EaD na Ufal. Em seguida, a comissão realizou atividades internas de análise documental e curricular da instituição, do corpo docente e administrativo, além de visitas às instalações físicas. Já no período da tarde, a comissão se reuniu, em momento distintos, com discentes, tutores, docentes da EaD e integrantes da Comissão Própria de Avaliação (CPA).    

“A educação a distância é uma forma de democratizar o ensino superior. Acho importante que exista”, falou a reitora. Durante a reunião, Valéria Correia ainda afirmou que “90% dos cursos de graduação que passaram por avaliação do Inep receberam um conceito muito bom”. 

A visita dos avaliadores se estende até sexta-feira (23). Até lá, serão realizadas novas visitas às instalações, análise de documentos e reuniões com diversos membros da comunidade universitária. O recredenciamento é uma exigência do Ministério da Educação (MEC), sendo necessário ser feito a cada cinco anos. Realizando essa ação, a Ufal fica alinhada aos pressupostos das Lei de Sinais, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior em 2004. 

Jusciney Carvalho destaca que o recredenciamento “é um ato que envolve a comunidade como um todo, todos os setores de apoio, reunindo a comunidade em torno de uma avaliação”. Ela explica que são cinco as dimensões avaliadas, conforme o instrumento de avaliação vigente do Inep: planejamento e avaliação institucional, desenvolvimento institucional, políticas acadêmicas, políticas de gestão e infraestrutura física.