Corpo Cênico e Brincantuar promovem Roda de Conferências

Evento acontece de 2 a 5 de abril e tem como convidado especial o professor da Unesp, Alexandre Mate
Por Simoneide Araújo - jornallista colaboradora
01/04/2019 13h31 - Atualizado em 01/04/2019 às 13h41
context/imageCaption

Arte de divulgação

Da parceria entre o Corpo Cênico, equipamento cultural da Universidade Federal de Alagoas, e o Brincantuar: artífices cênicos…, grupo de pesquisa do CNPq, surge a 1ª Roda de Conferência de Artes Cênicas. Essa primeira edição acontece de 2 a 5 de abril, todas as tardes, no Espaço Cultural da Ufal, na Praça Visconde de Sinimbu, e terá como convidado especial Alexandre Mate, professor da Universidade de São Paulo (Unesp).

 

De acordo com Ivanildo Piccoli, este evento marca um ciclo de eventos que o Corpo Cênico da Ufal e o Brincantuar vão desenvolver ao longo dos próximos anos, com convidados artistas especialmente escolhidos, ligados aos temas das pesquisas desenvolvidas pelo equipamento cultural e pelas linhas do grupo pesquisa. “Na programação desta edição, estão previstas várias rodas de conversas e trocas com o foco no nosso convidado, Alexandre Mate, professor da pós-graduação do Instituto de Artes da Unesp, autor, pesquisador e assessor na área de teatro”, disse o coordenador do Corpo Cênico e do Brincantuar.

 

O professor Mate tem mestrado em Teatro pela ECA/USP [Escola de Comunicação e Artes] e doutorado em História Social. É pesquisador do Núcleo Paulistano de Teatro de Grupo e editor das revistas Rebento - Revista de Artes do Espetáculo e Arte e Resistência nas Ruas. Tem experiência desde o teatro feito de/na rua, atualmente chamado de Artes cênicas na Rua, passando pelas pesquisas de culturas populares e folguedos, como também especialista em teatro didático de Bertold Brecht. Criou na Unesp um laboratório de documentação e memória do Teatro Brasileiro que resultou no Portal de Teatro Sem Cortinas.

 

Corpo Cênico

 

O Corpo Cênico é ligado à Coordenação de Assuntos Culturais (CAC) da Pró-reitoria de Extensão (Proex), criado em 2016 com apoio do colegiado dos cursos de licenciatura em Teatro e Dança. O responsável pelo programa de extensão e também coordenador é Ivanildo Piccoli; Marcelo Gianini responde pelo projeto de montagem em teatro desde 2016; e Kamila Mesquita coordena o projeto de montagem em dança entre 2018 -2019. Já o Brincantuar: artífices cênicos…, grupo de pesquisa do CNPq,  começou em 2018 e essa será sua primeira ação.

 

Programação

 

2 de abril - terça-feira

Roda de Artes Cênicas de/na Rua e Teatro de Grupo

 

15h - abertura Oficial

15h30 - Na roda: entrevista com Alexandre Mate por Ivanildo Piccoli

17h - Palestra: Teatro de Grupo na Cidade de São Paulo: a força da obra coletiva, com Alexandre Mate.

Mediação: Ivanildo Piccoli

Mesa-redonda: Toni Edson Costa (ETA), Waneska Pimentel [Escola técnica de Artes-ETA] e Kamila Mesquita (curso de Dança)

 

3 de abril - quarta-feira

Roda de Brecht e o Teatro Épico

17h - Palestra: Teatro Épico e seus expedientes caracterizadores, com Alexandre Mate

Mediação: Ivanildo Piccoli

Mesa-redonda: Marcelo Gianini [curso de Teatro] e Waneska Pimentel [ETA]

Lara Couto (curso de Teatro)

 

4 de abril - quinta-feira

Roda de Memória, Registros, Patrimônio e Divulgação das Artes Cênicas

17h  - Palestra: Criação e manutenção do Portal Teatro Sem Cortinas da Instituto de Artes da Unesp, com Alexandre Mate

Mediação: Ivanildo Piccoli e Telma César

Mesa: Cleidson Alan, Francimeire de Oliveira, José Emmanuel, Emerson de Lira e Manoel Victor Nóbrega [Centro de Documentação e Memória da Coordenação de Assuntos Culturais da Ufal).

 

5 de abril - sexta-feira

Roda de apresentações do Corpo Cênico da Ufal

17h Corpo Cênico como equipamento cultural da Ufal, vinculado à Pró-reitoria de Extensão (Proex), com Ivanildo Piccoli, diretor do programa, Betânia Brito, coordenadora de projetos de Extensão,  e Joelma Albuquerque, pró-reitora de Extensão

18h – Corpo Cênico Teatro apresenta Igreja Dialética Brechtiana - O Acordo, com direção de Marcelo Gianini

19h Corpo Cênico Dança apresenta Obscuricenidades, com direção de Kamilla Mesquita