Feira de ciências da educação básica premia estudantes na SBPC Jovem

Os 50 projetos foram apresentados durante toda a feira
Por: Nathalia Firmino e João Paulo Rocha - estudantes de Relações Públicas - 29/07/2018 às 12h11 - Atualizado em 30/07/2018 às 09h32
context/imageCaption

Premiação da Experiment-AL

Na tarde de sexta-feira (27) estudantes das redes estadual, municipal e privada participaram da premiação da Feira de Ciências da Educação Básica de Alagoas, Experiment-AL, durante a SBPC Jovem. A solenidade contou com a presença da reitora da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Valéria Correia; do vice-reitor, José Vieira Cruz; do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação,  Rogério Pinheiro; e do diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) Fábio Guedes. 

A segunda edição da feira aconteceu dentro da SBPC Jovem e teve como objetivo mediar o encontro dos estudantes de educação básica com a produção científica e tecnológica do estado de Alagoas, realizada pela Ufal, Secti e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). 

Ao todo foram inscritos 96 projetos, 50 deles aprovados, sendo expostos dez a cada dia na tenda ao lado da Reitoria. Durante toda a semana o voto popular elegeu os melhores trabalhos do dia, além desta categoria, foram premiados escola destaque e os três melhores projetos do ensino fundamental e do ensino médio. 

“Para nós que fazemos a Ufal, a interlocução da juventude com a ciência é algo fundamental. Nesse espaço da SBPC, buscamos despertar nos estudantes, que já são vitoriosos, a possibilidade de serem futuros cientistas e engrandecer nosso Estado e a Universidade”, afirmou a reitora Valéria Correia. 

A animação também contagiou os estudantes da Escola Estadual Ângelo de Abreu, de Olho D’água das Flores, vencedores da categoria voto popular na quarta-feira, com o projeto Pomada medicinal à base de Aloe Vera para queimaduras, que após análise das necessidades da comunidade, perceberam que os remédios industrializados não eram acessíveis a todos, e com as pesquisas descobriram a planta como alternativa para tratar queimaduras. “É uma alegria imensa participar pela primeira vez da Experiment-AL e já sair vencedor”, comemorou Adenilson dos Santos, integrante da equipe vencedora. 

A lista completa dos vencedores pode ser conferida abaixo: 

Escola Destaque

  • Escola Sesi Industrial Abelardo Lopes - Maceió/AL

Voto popular

Segunda-feira

  • Criação de uma órtese para animais com material descartado pela indústria de PRFV

Terça-feira

  • Mostra científica interdisciplinar: Educação financeira e empreendedorismo com criança no ensino fundamental I

Quarta-feira

  • Pomada medicinal a base de Aloe Vera para queimaduras

Quinta-feira

  • Proposta alternativa para o ensino de ciências em turmas de ensino fundamental utilizando como base o retroprojetor: ciência na tela

Sexta-feira

  • Conscientização sobre a importância da lâmpada de garrafa pet noturna como atitude responsável

Ensino Fundamental

3° Lugar

  • Implantação das placas em braille em instituições privadas e estatais

2° Lugar

  • Ecosururu: construindo e reutilizando

1° Lugar

  • Aerador sustentável: uma inovação para criação de caprinos

Ensino Médio

3° Lugar

  • Criação de uma órtese para animais com material descartado pela indústria de PRFV

2° Lugar

  • Experimentos para o ensino da física

 1° Lugar

Suruneira: a peneira que transformará nossa lagoa