Ufal recebe evento para alavancar a qualidade dos periódicos

Seminário também pretende fortalecer o desenvolvimento deles num intercâmbio com universidade do Chile
24/10/2017 às 14h12 - Atualizado em 25/10/2017 às 17h59

Ascom Ufal

Nos próximos dias 26 e 27 a Universidade Federal de Alagoas recebe o 3º Seminário sobre Metodologia e História da Leitura de Revistas Periódicas. De acordo com os organizadores, a proposta é discutir a produção do conhecimento científico em seus aspectos éticos, metodológicos e teóricos, propiciando momentos de discussão e de oficinas para a formação de estudantes, da graduação e pós-graduação, na escrita de artigos científicos.

As duas primeiras edições aconteceram em São Paulo e, desta vez, chega à Alagoas no ano em que alguns periódicos da Ufal foram contemplados com o Edital Fapeal de  Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos. Esta 3ª edição do evento é coordenada pela professora Deise Juliana Francisco, editora da revista Debates em Educação (Cedu) e pelo professor Cleriston Izidro dos Anjos, do Grupo de Estudos e Pesquisas em Pedagogias e Culturas Infantis (Geppeci) e membro do Conselho Editoral da Revista Humanidades & Inovação (Unitin).

“O evento busca fortalecer o desenvolvimento dos periódicos e incentivar a qualidade dos mesmos. Tendo em vista que os periódicos têm estreita relação com disseminação do conhecimento, vislumbra-se que o intercâmbio entre editores de revistas da Ufal, da editora da Ufal e membros de grupos de pesquisas será positivo e viabilizará a divulgação dos resultados de pesquisas e a circulação desse conhecimento produzido”, ressaltaram os organizadores.

Nesta edição do evento, destaca-se o intercâmbio com a Universidade La Serena (Chile) e com a Universidade de São Paulo, na perspectiva da internacionalização da pesquisa. As conferências serão realizadas pelos professores Valdir Heitor Barzotto e Germán Varas Espinoza.

Valdir é docente da Faculdade de Educação da USP e atua no Programa de Pós-graduação em Educação da FE/USP e de Pós-graduação em Filologia e Língua Portuguesa da FFLCH/USP. Já o professor Germán é da Universidad de la Serena, na Faculdad de Humanidades do Departamento de Artes y Letras. O foco de trabalho desde o doutorado é principalmente na exploração da variedade de discursos dos atores envolvidos no processo (sócio-retórico) de 'transferência de tecnologia', especificamente em como pesquisadores, de diferentes campos científicos, interpretam as propostas de valor de seus projetos de transferência de tecnologia através de diferentes gêneros. Tem trabalhos sobre a dinâmica social-discursiva do processo de revisão pelos pares de artigos científicos.

O Seminário terá, também, mesas redondas e encontro dos editores da Ufal.

As Inscrições são gratuitas e podem ser feitas online