Edital de Extensão seleciona bolsistas para Corufal e Orquestra Sinfônica

Inscrições acontecem até 15 de maio e deverão ser realizadas, exclusivamente, via Internet
Por Ascom Ufal
29/04/2020 09h20 - Atualizado em 29/04/2020 às 14h00
context/imageCaption

Sérgio Onofre, coordenador de Assuntos Culturais

A Pró-reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Federal de Alagoas lançou nesta quarta-feira (29) um novo edital para processo seletivo de bolsistas. Desta vez, as bolsas são para formação de banco de reserva para composição dos quadros de cantores, instrumentistas e apoio para o Coro da Ufal (Corufal) e para a Orquestra Sinfônica Universitária (OSU).

O Corufal e a Orquestra são equipamentos culturais da Universidade, ligados à Coordenadoria de Assuntos Culturais (CAC) da Proex. “Esta é uma demanda fundamental que a gestão do professor Josealdo Tonholo à frente da Ufal está adotando a fim de requalificarmos nossa Orquestra e nosso Coro. Esta seleção é muito importante e necessária, além de muito aguardada, e certamente preencherá uma lacuna rumo à ampliação, com qualidade, da ação cultural de nossa Universidade”, afirmou o professor Sérgio Onofre, coordenador da CAC.

As inscrições para a seleção de bolsistas estão abertas até o próximo 15 de maio e deverão ser realizadas, exclusivamente, via Internet, pelo Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa). Todos os bolsistas do Corufal e OSU que realizaram a temporada de 2019 deverão se inscrever como candidatos a serem novamente avaliados, realizando as provas para formação do quadro de bolsistas da temporada de 2020-2021, juntamente aos novos candidatos.

No Corufal há vagas para os naipes soprano, contralto, tenor e baixo, além de pianista e regente. Já na Orquestra o edital vai selecionar músicos de instrumentos como oboé, flauta, clarineta, fagote, trompa, violino, violoncelo, trompete, contrabaixo, trombone, piano, percussão, entre outros. “Devido ao coronavírus, o processo seletivo se dará de forma remota, por meio de envio de vídeo e por aplicativos de videoconferência. Isto está preconizado no edital. Vamos fazer uma seleção com rigor, buscando talentos que, com certeza, farão grande diferencial em nossa Orquestra e em nosso Coro”, disse o professor Nilton Souza, coordenador de Equipamentos Musicais.

“Estamos avançando no sentido de reposicionar as ações de extensão da Ufal, captando recursos, lançando editais e fazendo com que a Extensão seja, de forma real, protagonista em nossa vida acadêmica. Em nossa Universidade e em conexão direta com a sociedade. Este edital é mais um passo, dos muitos que vamos dar ao longo de quatro anos. Passos de valorização de nossa extensão, de nossa cultura e de nossos artistas” ressaltou o professor Clayton Santos, pró-reitor de Extensão.