Portal do Governo Brasileiro

Alunos do Paespe conhecem tecnologias de fabricação digital para construção civil

Professora Yvvy Quintella fez uma apresentação sobre atuais conceitos
Por: Ascom Ufal - 25/06/2018 às 10h53 - Atualizado em 26/06/2018 às 10h04
context/imageCaption

Professora Ivvy Quintela em palestra para alunos do Paespe

O Programa de Apoio a Estudantes de Escolas Públicas do Estado (Paespe) realizou, na última quarta-feira (20), uma palestra ministrada pela professora Yvvy Quintella sobre as inovações tecnológicas por meio da fabricação digital na construção civil.

Formada em Arquitetura e Uurbanismo pela Ufal e doutora em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ivvy, que é docente do Centro e Tecnologia e atual diretora da Pinacoteca da Universidade Federal de Alagoas, coordena os projetos de pesquisa Pavilhões Temporários e de extensão Luminaturas e Fab Lab Maceió.

A professora Ivvy apresentou aos alunos do Paesp e Paespe Júnior as novas técnicas utilizadas na construção civil, das quais uma delas é a impressão em 3D. Máquinas que com grande precisão constroem peças para composição de casas, pontes, entre outras estruturas com um curto prazo de tempo.

Os alunos falaram sobre a relevância do tema e comentaram sobre a familiaridade com termos como “internet das coisas”, “smart home” e “fab lab”. A estudante do Paespe Wislayne Souza destaca a pouca divulgação do assunto nas escolas, já Wallace Souza, estudante do Paespe Júnior, disse que chamou atenção a possibilidade de construir objetos em 3D, que dificilmente seriam feitos manualmente. 

Sobre o programa

O Paespe foi criado em 1993, pelo professor Roberaldo Carvalho de Souza, tendo como berço de suas atividades o Centro de Tecnologia (Ctec) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Sua principal atuação é através dos projetos Paespe Júnior, voltado a alunos das 1ª e 2ª séries do ensino médio, e o Paespe, destinado aos alunos da 3ª série do ensino médio. O Programa oferta aulas dos conteúdos cobrados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e realiza atividades multidisciplinares como o curso de informática básica, palestras e visitas técnicas, contribuindo para a inserção destes alunos em Instituições de Ensino Superior (IES). O Paespe atende diretamente cerca de 200 alunos de 67 escolas de Maceió e cidades vizinhas.