Portal do Governo Brasileiro

Seminário Institucional de Monitoria inscreve trabalhos até quarta

SIM Ufal busca socializar trabalho desenvolvido por monitores em sala de aula; evento é aberto ao público
Por: Paulo Canuto - estudante do Jornalismo - 08/10/2018 às 07h15 - Atualizado em 08/10/2018 às 09h26
context/imageCaption

Arte de divulgação

Termina na próxima quarta-feira (10) o prazo para quem é aluno com matrícula regular ou ex-aluno, dos últimos três anos de monitoria, inscrever trabalhos desenvolvidos durante o programa na Ufal. Confira aqui como submeter.  Nos dias 3, 4 e 5 de dezembro a Universidade promove o 1º Seminário Institucional de Monitoria da Ufal (SIM Ufal), respectivamente, nos campi A.C. Simões (Maceió), do Sertão e Arapiraca.

O evento é realizado pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e uma comissão organizadora, composta por professores de diversas áreas.  Os docentes que têm interesse em compor a comissão de avaliação já podem se inscrever  por meio do endereço eletrônico simufal2018@gmail.com. O evento ainda vai abrir inscrições para ouvintes.

O objetivo do 1º SIM Ufal é socializar o trabalho desenvolvido pelos alunos que participam do Programa de Monitoria com trocas de experiências e demonstração de práticas inovadoras, como o planejamento ou realização de produtos e artigos científicos.

 “Vamos supor que um estudante de Matemática tenha desenvolvido um jogo para ajudar seus colegas a entenderem melhor um determinado conceito. Isso é muito importante porque ajuda o processo de aprendizagem. Então, são ações como essas, que queremos que sejam discutidas e compartilhadas”, destacou a professora Suzana Barrios, coordenadora de Desenvolvimento Pedagógico da Prograd.

De acordo com a organização, o evento também visa promover e integrar monitores, professores, estudantes, técnico-administrativos, além da comunidade em geral para que conheçam o trabalho de monitoria desenvolvido no âmbito universitário.  

“Um evento como esse é essencial para que monitores e orientadores repensem suas atividades e, por meio da partilha com os pares, possam adotar novas estratégias para enriquecer o processo ensino-aprendizagem nos cursos de graduação”, afirmou a professora Roberta Costa Santos Ferreira, do ICBS-Ufal e orientadora de monitoria de farmacologia.

Os orientadores e/ou monitores ainda podem propor atividades de oficina. O 1º SIM Ufal é destinado à toda comunidade acadêmica alagoana assim como a comunidade em geral.

Para maiores informações, confira o edital.