Assistentes Sociais debatem apoio a estudantes

Proest pretende ampliar o diálogo com estudantes

21/11/2014 13h13 - Atualizado em 21/11/2014 às 20h36
context/imageCaption

O pró-reitor Pedro Nelson Bonfim debate assistência Estudantil

Jacqueline Freire - jornalista colaboradora 

Estudantes de Serviço Social, professores e bolsistas da Universidade Federal de Alagoas se reuniram na tarde da última quarta-feira (19), para discutir sobre a Assistência Estudantil na Universidade, com base no Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES). Intitulado Encontro da Assistência Estudantil na Universidade Federal de Alagoas: estrutura, avanços e desafios, o evento contou com a participação da assistente social e professora da Ufal, Josimeire de Omena, numa palestra sobre As múltiplas determinações do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) no governo Lula. 

Segundo ela, a assistência ao estudante universitário não é apenas transversal, mas é orgânica à política do ensino superior. Durante sua fala foi traçado todo um histórico da assistência estudantil no governo Lula, com o objetivo de discutir a assistência social na área da educação. A palestra contou ainda com a participação de dois debatedores, o assistente social e gerente de Assistência Estudantil da Pró-reitoria Estudantil (Proest), Erivaldo Farias, e a assistente social da Unidade de Penedo, Manuella Aragão. 

Para o pró-reitor estudantil, Pedro Nelson Bonfim, este evento deve pensar formas de tornar mais incisivas as ações de assistência estudantil na Universidade. Segundo ele, temas como a gratuidade do Restaurante Universitário, a política de cotas e o modo como são utilizados os recursos do PNAES devem ser amplamente discutidos a fim de fazer crescerem as ações de assistência. 

O evento foi uma realização do Estágio Supervisionado em Serviço Social da Proest, através do Projeto de Intervenção do Estágio Supervisionado em Serviço Social, com a coordenação da assistente social Elisângela Ferreira da Silva.