Ufal conquista laboratório com Microscópio para pesquisa sobre Nanotecnologia

Equipamento é o único em Alagoas de transmissão de 120 kVA
Por Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo
04/03/2020 11h28 - Atualizado em 04/03/2020 às 19h15
context/imageCaption

Microscópio é o único em Alagoas

O Laboratório de Microscopia Eletrônica de Transmissão (Labmet), instalado no Instituto de Física (IF) da Universidade Federal de Alagoas, multiusuário, será responsável por pesquisas sobre nanotecnologia, disponibilizando um microscópio eletrônico de transmissão de 120 kilovoltamperes (kVA), sendo o primeiro desse tipo em Alagoas.

O equipamento mencionado poderá realizar diversas análises, como por exemplo, do tamanho e morfologia de nanomateriais. Essas análises podem ocorrer em uma escala maior, de acordo com o professor Carlos Jacinto, diretor do IF. “Com isso, buscamos principalmente aplicações nanotecnológicas”, explicou. Apesar disso, em alguns casos, o equipamento pode ser usado para pesquisas básicas.

De acordo com Carlos, o Labmet terá um regimento para o bom funcionamento do equipamento e ficará disponível para a comunidade científica que necessite realizar análises com o microscópio. O diretor do IF ainda diz que “o principal empecilho, no momento, é a falta de funcionários técnicos para operá-lo, pois um professor não pode fazer esse serviço”.

O Labmet tem a coordenação dos professores Carlos Jacinto e Mário Meneghetti, do docente do Instituto de Química e Biotecnologia (IQB), que foi o responsável pela coordenação do projeto de aquisição do microscópio do laboratório.