Núcleo de Percussão da Ufal promove encontro internacional

Terceira edição acontece dia 26, no Espaço Cultural, e a entrada é gratuita
Por: Simoneide Araújo - jornalista colaboradora - 24/09/2019 às 08h25 - Atualizado em 23/09/2019 às 10h24
context/imageCaption

Arte de divulgação

Esta semana promete mudar o cenário musical do Espaço Cultural da Universidade Federal de Alagoas. É que o local será palco da 3ª edição do Percufal - Encontro Internacional de Percussão receberá a atração internacional Chak Duo, formada pela pianista Marcela Lillo e o percussionista Felipe Gonzalez, além de vários artistas locais. Será na quinta-feira (26), a partir das 10h. Uma boa pedida para quem está iniciando as aulas do semestre letivo 2019.2. Para participar não precisa se inscrever, basta chegar e aproveitar.

De acordo com Augusto Moralez, coordenador do Núcleo de Percussão (NUP), equipamento cultural da Ufal que promove o evento, a programação está menor, mas com muita qualidade. “Estamos com uma programação mais enxuta, mas mantivemos o caráter internacional. Depois que nós entramos no circuito da percussão ficou mais fácil de manter o evento internacional, com a ajuda dos parceiros que vêm participar, mesmo sem receber cachê. É uma parceria de amizade mesmo”, destacou.

O Chak Duo fará masterclass, pela manhã, abordando música chilena, para formação de piano e percussão. “Estudamos juntos na França e eles são muito competentes. Fazem um repertório contemporâneo e de música tradicional chilena, com arranjo para essa formação [piano e percussão] e é o que os dois artistas vão apresentar no Percufal, na tarde da quinta-feira”, completou Moralez. 

O 3º Percufal vai contemplar todas as áreas da percussão, apresentando concertos com marimbistas, vibrafonista, pandeirista e baterista numa pegada mais popular. “Teremos também percussão tradicional e folclórica, destacando o Coletivo Afro Caeté. No Percufal, todos são bem-vindos! Há espaço para todo mundo”, reforçou o coordenador do NUP.

Programação

A programação do encontro começa às 10h, com masterclass com Chak Duo. As atividades continuam à tarde, a partir das 14h, com apresentação dos convidados José Emerson, de Pernambuco; Anderson Melo; Renault Guimarães e Mesa para Dois, com pandeiro e violão; o grupo Coração de Mainha; o mago da bateria Maglione Santos e o grupo LP Musical [Laboratório de Performances do curso de licenciatura em Música, coordenado pelo professor Mison Fireman].

Haverá também concertos do Chak Duo - piano e percussão - e de Augusto Moralez, com seu vibrafone. Para fechar o evento, muito batuque com o Coletivo Afro Caeté, grupo formado por amigos de diversas idades e profissões, amantes da cultura alagoana, que buscam a valorização, a reprodução e a difusão das riquezas musicais do Estado. 

Expectativa

Com mais essa edição, a expectativa de Moralez é fortalecer o evento para continuar fazendo parte do calendário cultural alagoano. “Este é o terceiro ano consecutivo que realizamos o Percufal e esperamos que ele continue acontecendo. Temos de destacar que esse evento acontece porque contamos com a ajuda dos parceiros. Todos os artistas abriram mão do cachê e vêm se apresentar de graça”, ressaltou.

Moralez espera que nas próximas edições possa dar condição melhor aos artistas. “É importante contar com a parceria, mas é importante, também, prestigiar e pagar os artistas, como acontece em outros festivais. Também queremos ampliar o evento com mais atrações internacionais. Alguns artistas já confirmaram participação no próximo encontro em 2020”, disse.

SERVIÇO

O quê: 3º Percufal - Encontro Internacional de Percussão

Quando: 26 de setembro, a partir das 10h

Onde: Espaço Cultural e Escola Técnica de Artes, na Praça Visconde de Sinimbu, Centro, Maceió

Entrada Franca