'Open Data Day' começa nesta sexta com palestras, oficinas e hackathon

Evento tem apoio da Ufal e deve promover a discussão sobre uso de dados abertos

08/03/2017 08h00 - Atualizado em 07/03/2017 às 12h15
context/imageCaption

Arte de divulgação

Redação Ascom

A edição local do Open Data Day (Dia Internacional dos Dados Abertos), que será realizada nos dias 10 e 11 de março, tem apoio da Universidade Federal de Alagoas. O evento acontece na Estácio Fal, no bairro da Jatiúca, e deve promover ampla discussão e apresentar experiências de uso dos Dados Abertos para a promoção da transparência, por meio da inovação utilizando dados abertos.

As edições do Open Data Day buscam apresentar o conceito e o amplo ecossistema em torno dos dados abertos; engajar a sociedade a desenvolver aplicativos, criar visualizações e análises sobre os dados abertos que permitam a criação de negócios e serviços inovadores bem como o melhor acompanhamento das atividades do governo.

Para a edição Maceió, são aguardados pesquisadores, estudantes, ativistas, jornalistas, profissionais de diversas áreas como tecnologia, administração, economia, geografia, empresários e empreendedores e representantes do setor público local. O evento contará com palestras, oficinas e hackathon.

No primeiro dia os participantes conhecerão os conceitos de Dados Abertos e projetos existentes. Todas as palestras serão ministradas por especialistas que possuem vasta experiência na área. Já estão confirmados os seguintes palestrantes: o deputado estadual Rodrigo Cunha, o professor da Ufal Ig Ibert Bittencourt, o professor Armando Barbosa Sobrinho e profissionais da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio.

No segundo dia ocorrerá o hackathon com um foco na promoção da transparência. Para auxiliar as equipes da competição, os órgãos publicadores de dados prestarão mentoria técnica e de negócio. As soluções desenvolvidas serão apresentadas a uma banca avaliadora e a melhores soluções serão premiadas. Durante o hackathon ocorrerão também sorteios de brindes.

Dados Abertos

São dados que qualquer pessoa pode livremente usar, reutilizar e redistribuir, estando sujeito a, no máximo, a exigência de creditar a sua autoria e compartilhar pela mesma licença. Tais dados devem ser disponibilizados em formatos computacionais abertos e processáveis por máquina, ou seja, que não possuam restrição tecnológica para serem usados e que possam ser lidos por softwares computacionais, ampliando o seu potencial de uso e cruzamento com outras bases de dados para geração de informação e conhecimento.

A publicação de dados abertos é uma obrigação do Poder Público Brasileiro, conforme o Art.º 8 da Lei Federal de Acesso à Informação, conhecida popularmente como LAI. O Dia Internacional de Dados Abertos Internacionalmente, o Open Data Day foi uma iniciativa da Open Knowledge Foundation (Fundação para o Conhecimento Livre) desde 2011.

A edição 2017 já tem mais de 125 cidades do mundo (em todos os continentes) confirmadas. No Brasil, o evento será realizado em Brasília/DF, Teresina/PI, São Paulo/SP, Curitiba/PR e Maceió/AL, com inscrições já encerradas.

Mais informações nos telefones (82) 99621-1639 ou 99934-6297 ou no site www.doity.com.br/oddmcz2017.