Professor do Campus Arapiraca é premiado em evento nos EUA

Abordando experiências sobre o ambiente Moodle, o professor Carloney Alves, do Campus Arapiraca, recebeu a premiação de melhor artigo do VIII Simpósio Iberoamericano em Educação, Cibernética e Informática: SIECI 2011, que aconteceu na cidade de Orlando-Flórida, nos Estados Unidos, entre os dias 18 a 22 de julho.

06/08/2011 23h14 - Atualizado em 13/08/2014 às 11h08
context/imageCaption

Professor Carloney Alves sendo premiado por melhor artigo em evento nos EUA

 Carloney apresentou o artigo ''Um Olhar sobre o Aprender e o Navegar com as Interfaces disponíveis no Moodle: O Aluno online no Curso de Licenciatura em Física a Distância da UAB/UFAL''. Além dele a professora Cynara Santos, da Ufal, a professora Obdália Silva, da Universidade Estadual da Bahia e a professora Janaína Rosado, do Instituto Federal de Alagoas, participaram da mesa “O Moodle como Ambiente Virtual de Construção Interativa: Repensando o Ensino-Aprendizagem no contexto das Tecnologias Digitais”.

O professor ressalta que a utilização desse espaço na sociedade contemporânea vem crescendo nos últimos anos e pode naturalmente contribuir para o processo de ensino e de aprendizagem, sendo possível encontrar soluções e justificativas para o melhor uso desses ambientes.

“Neste contexto, ainda ressoam questionamentos, tais como: o que é preciso aprender para ensino em Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA)? Como manter as práticas pedagógicas atualizadas nesses ambientes para áreas específicas de conhecimento, numa dimensão da aprendizagem colaborativa?”, explica Carloney.

Para o professor é necessário, desenvolver ambientes colaborativos e criativos em toda a rede, incorporando novas interfaces eficazes que sejam cada vez mais transparentes aos seus usuários. “Ainda temos muito que pesquisar e descobrir, percorrendo as infovias que a Educação através de AVA oferece, facilitando o processo de ensino e de aprendizagem nesses ambientes. E, mais do que tudo, fazer com que professores acompanhem esse processo tão dinâmico, com uma linguagem acessível e que proporcione a interatividade de todos os envolvidos”, relata o professor.

Leia também: Professores do Campus Arapiraca apresentam artigos nos Estados Unidos