Portal do Governo Brasileiro

Alunos do Paespe Jr participam de aula experimental multidisciplinar

Interação, envolvimento e aprendizado foram os objetivos alcançados com a turma das 1ª e 2ª séries do ensino médio
Por: Ascom Ufal - 11/09/2018 às 10h33 - Atualizado em 11/09/2018 às 14h12
context/imageCaption

Alunos em aula prática de produção de lâmpadas lava. Foto: Alícia Silva

No último sábado (08), os professores voluntários e alunos do grupo PET Ciência e Tecnologia inovaram mais uma vez, com uma aula experimental. O objetivo da atividade foi a construção de “lâmpadas de lava”, utilizada para decoração. A aula dinâmica fez relação com os conteúdos de matemática, física e química.

Óleo de cozinha, álcool e corante de alimentos foram alguns dos itens usados para fazer uma aula bem peculiar. O encanto nos olhos era algo admirável.

“Foi a melhor aula que eu tive, não que as outras não foram boas, mas foi diferente. Aprendi que com o aumento da temperatura, a densidade da mistura água com álcool diminui, por isso, ela sobe”, comentou Adiel Alves, participante do Paespe Jr. E essa não foi a única aula envolvendo diversão e aprendizagem. O Programa sempre inclui na programação atividades diferentes, a exemplo da oficina do Sabão EcoLegal, que através da coleta de óleo de cozinha conscientiza os estudantes com relação a reciclagem, contaminação do solo e lençol freático, assim como aborda conteúdos de química e matemática. 

Sobre o Programa

O Paespe Júnior é um projeto voltado para alunos das 1ª e 2ª séries do ensino médio, inserido no Programa de Apoio aos Estudantes das Escolas Públicas do Estado (Paespe). O Paespe foi criado em 1993, pelo professor Roberaldo Carvalho de Souza, tendo como berço de suas atividades o Centro de Tecnologia (Ctec) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O Programa oferta aulas dos conteúdos cobrados pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e realiza atividades multidisciplinares como o curso de informática básica, palestras e visitas técnicas, contribuindo assim para a inserção destes alunos em Instituições de Ensino Superior (IES).