Reitor dá boas-vindas à comunidade acadêmica neste reinício do semestre

Aulas continuam no formato remoto, mantendo algumas atividades práticas no presencial
Por Simoneide Araújo - jornalista
14/01/2022 13h25 - Atualizado em 19/01/2022 às 09h55
context/imageCaption

Reitor Josealdo Tonholo deseja um bom retorno a toda comunidade acadêmica

Após recesso acadêmico, as aulas do semestre letivo 2021.1 na Universidade Federal de Alagoas recomeçam nesta segunda-feira (17). O formato continua remoto e o reitor Josealdo Tonholo aproveita o momento de recomeço para dar boas-vindas a toda comunidade acadêmica, lembrando que, em breve, o Conselho Universitário (Consuni) vai discutir o retorno presencial.

Por enquanto, Tonholo afirma que ainda há muita incerteza em relação à covid-19. “Passamos os dois últimos anos sofrendo bastante com a pandemia. Todos nós sofremos os seus efeitos e ainda há muita incerteza do que vem pela frente”, reforçou.

O reitor avisa que até o início de março, o Consuni vai definir se há condições de um retorno seguro. “Nosso Conselho Universitário vai se debruçar para discutir a melhor solução possível com relação ao retorno presencial. Esperamos que essa pandemia se vá para que possamos ter nosso retorno presencial seguro muito em breve”, revelou.

Enquanto não há um quadro estável da pandemia, Tonholo informa que serão mantidas as aulas on-line. “Vamos continuar usando o sistema remoto para garantir a nossa saúde, a nossa segurança, mas sempre prezando pela qualidade que a nossa Ufal, maior e melhor universidade de Alagoas, sempre teve para formar os alunos que fazem a diferença para o nosso estado”,  

O pró-reitor de Graduação, Amauri Barros, também está esperançoso por dias melhores em relação à pandemia. “Vamos recomeçar as aulas do semestre 2021.1 a partir de segunda-feira no mesmo formato que iniciamos no dia 19 de outubro do ano passado. Já cumprimos a metade do semestre e a projeção de encerramento será 5 de março”, disse.

Barros complementa que as aulas vão acontecer essencialmente de forma remota, com algumas atividades de forma presencial. “Essas atividades são: internato, estágios da área da saúde e os supervisionados nas escolas, estágio das licenciaturas, e outras atividades práticas, como aulas de campo. Mas tudo com autorização dos Colegiados dos Cursos, do Conselho da Unidade Acadêmica, que têm definido protocolo de biossegurança”, informou, acrescentando: “Estamos com cuidado redobrado por conta dessa nova onda de contaminação e aumento de casos, principalmente em relação a esse combo covid-19 e a influenza com H3N2. Temos grandes expectativas que a partir de março, no início do semestre 2021.2, que será dia 21 de março, as atividades presenciais sejam ampliadas, mas, neste momento, temos de manter todos os cuidados que já vínhamos tendo em relação a esse novo cenário da covid-19.