Ufal Penedo e grupo de capoeira fazem limpeza das margens do São Francisco

Participantes da ação retiraram 18 kg de resíduos em área do Centro Histórico
Por Ascom Ufal
19/07/2021 12h20 - Atualizado em 19/07/2021 às 12h23
context/imageCaption

A ação no Rio São Francisco retirou 18 kg de residuos

Os professores da Ufal em Penedo Cláudio Sampaio, do Laboratório de Ictiologia e Conservação, e Taciana Kramer, do Laboratório de Ecologia Bentônica se juntaram ao grupo de capoeira Mandingueiro, liderado pelo Mestre Bentinho, para realizar uma ação de sensibilização ambiental, no último sábado (17), no Rio São Francisco, na cidade de Penedo.

Depois da tradicional roda de capoeira, o professor Cláudio falou sobre a importância do rio na vida de todos e, em especial, para a comunidade ribeirinha. Ele explicou como os resíduos sólidos descartados de maneira inadequada podem trazer prejuízos para a qualidade da água e para a sociedade, aumentando a incidência de doenças transmitidas por mosquitos como dengue, zyka e chikungunya, por exemplo.  

Em seguida, todos foram convidados a “Virar Carranca” para proteger o Velho Chico e fazer uma limpeza simbólica das margens do São Francisco. A ação durou cerca de 30 minutos e contou com 25 voluntários, entre crianças e adolescentes. Numa área de aproximadamente cem metros de margem, no Centro Histórico de Penedo, eles retiraram 18 quilos de resíduos sólidos compostos, principalmente, por plásticos descartáveis como garrafas, tampas, copos, canudos e embalagens de alimentos.

“Além de muita cultura e educação, tivemos muita diversão com mais uma roda de capoeira e, para finalizar, foi servido às crianças e adolescentes um lanche delicioso”, lembrou Sampaio.

O evento contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Penedo, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e de Serviços Públicos (Semsp), além do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF) e da Padaria Santa Clara.