Centro de Musicologia de Penedo será inaugurado em dezembro

O investimento em cultura e preservação de memória é mais uma conquista viabilizada entre o curso de Música da Ufal e a Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude da Prefeitura de Penedo
Por Fernando Vinícius – jornalista Decom PMP
18/11/2021 08h52 - Atualizado em 18/11/2021 às 09h00
context/imageCaption

Laboratório de estudos e preservação de documentos funcionará anexo à sede da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude, de Penedo

O primeiro espaço público do Nordeste exclusivamente dedicado ao estudo do repertório de bandas filarmônicas será instalado em Alagoas, no próximo mês de dezembro, quando o Centro de Musicologia de Penedo (Cemupe) será inaugurado.

O investimento em cultura e preservação de memória é mais uma conquista viabilizada entre o curso de Música da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e a Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude (SEMCLEJ) da Prefeitura de Penedo.

As linhas de pesquisa do Cemupe envolvem Educação Musical, Musicologia, Composição e Análise, e têm como meta produzir livros, ensaios, artigos e transcrições de caráter inédito ou pouco divulgado no meio musical, seja ele acadêmico ou não e biografias autorizadas de compositores.

“Nós também vamos promover cursos periódicos de restauração de partituras e de conservação de instrumentos musicais”, informa o Professor Marcos Moreira, coordenador geral do Cemupe e criador da Jornada Pedagógica para Músicos de Banda (JPMB), projeto que ganhou a denominação de Festival Internacional de Música de Penedo e teve sua 12ª edição realizada no último mês de outubro.

A Secretária Municipal de Cultura Alyne Costa destaca a importância do Cemupe, inclusive pelo suporte às bandas filarmônicas de Penedo, especialmente as mais antigas e em atividade, à Sociedade Musical Penedense e à Monte Pio dos Artistas.