Auditoria da Ufal abre canal para receber sugestões da comunidade

Contribuições servirão para elaboração do Plano Anual de Auditoria para o exercício 2022
Por Ascom Ufal
29/10/2021 14h50

O processo de melhoria dos serviços públicos passa pelo engajamento da sociedade, conhecendo, fiscalizando e sugerindo melhorias para o serviço ofertado. Por isso, antes de fazer o Plano Anual de Auditoria Interna (Paint) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), a equipe responsável pela elaboração do documento quer ouvir a demanda de cada membro da comunidade universitária.

Para ajudar na construção desse plano, gestores, servidores, estudantes (ingressos e egressos) e a sociedade em geral podem responder a um questionário disponível neste link, até o dia 12 de novembro. Nele poderão ser apresentadas sugestões de processos internos, áreas, assuntos ou temas que podem ser objetos de atividade de auditoria.

De acordo com o auditor-geral da Ufal, Thyago Sampaio, as respostas apresentadas ao questionário serão avaliadas pelos membros da unidade de auditoria interna da Universidade. “O questionário de consulta para elaboração do Plano Anual de Auditoria Interna 2022 tem como finalidade proporcionar a construção de um plano participativo, facultando aos diversos atores da comunidade acadêmica que apresentem suas sugestões”, destacou.

Segundo Sampaio, a Universidade elabora seu planejamento de auditoria por meio do Paint, a partir de uma abordagem baseada em riscos organizacionais. Ele explica que a prioridade é auditar as áreas que possuem maior risco em relação à materialidade [aporte de recursos financeiros], à criticidade [áreas de recursos sensíveis, como tecnologias da informação] e à relevância. “A avaliação é feita com base em metodologias reconhecidas internacionalmente, preconizadas pelos normativos da CGU (Controladoria-Geral da União)”, afirmou.

Ele informa que também são acrescentados ao Paint temas propostos pela alta administração da Ufal, bem como aqueles que forem determinados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela CGU. Além disso, serão analisadas e avaliadas eventuais demandas da comunidade universitária registradas no último ano na Ouvidoria da Universidade.

“A atividade de auditoria é um importante instrumento para aprimorar a gestão pública, proporcionando uma maior transparência, corrigindo possíveis desperdícios e possibilitando melhor utilização dos recursos públicos. As auditorias fornecem asseguração razoável baseada em evidências suficientes e apropriadas com o objetivo de aumentar o grau de confiança dos diversos usuários da instituição”, reforçou o auditor.

Solicitações de esclarecimentos podem ser enviadas ao e-mail secretaria@ag.ufal.br