Ufal volta às aulas do calendário acadêmico regular dia 22 de fevereiro

Ainda não haverá aulas presenciais e as excepcionalidades implementadas o PLE serão reaplicadas
Por Simoneide Araújo - jornalista
06/01/2021 16h45 - Atualizado em 06/01/2021 às 19h52
context/imageCaption

Pró-reitor de Graduação, Amauri Barros

A partir de 22 de fevereiro, a Universidade Federal de Alagoas retoma seu calendário acadêmico referente aos semestres letivos 2020.1 e 2020.2, de acordo com a Resolução 80, aprovada Ad Referendum do Conselho Universitário (Consuni) pelo reitor Josealdo Tonholo, no último 30 de dezembro. As aulas serão on-line e obrigatórias, ao contrário do que ocorreu no Período Letivo Excepcional (PLE), que teve caráter facultativo para docentes e discentes.

A Resolução 80 restabelece o calendário acadêmico do ensino de graduação do ano letivo 2020, interrompido em 16 de março por conta da pandemia do novo coronavírus. Dentro deste cenário ainda de incertezas em relação à covid-19, o reitor justifica que a Ufal não tem condições de retomar as aulas presenciais. “Tenho uma posição muito forte que se coaduna com a opinião dos diretores de unidades e do Conselho Universitário de que não temos estrutura para retorno presencial na Ufal. São 27 mil estudantes e, desses, quase sete mil vêm de  outros estados, de uma situação em que a pandemia não está sob controle. Então, toda e qualquer conversa sobre retorno presencial, sem vacina e sem toda a infraestrutura e condições de biossegurança, é muito arriscado. A gente não pode colocar vidas em risco, tanto dos nossos estudantes, quanto dos nossos servidores docentes e técnicos”, declarou.

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Amauri Barros, a construção da Resolução 80 teve início na primeira quinzena de novembro, no Fórum dos Colegiados, quando foi iniciada a avaliação preliminar do PLE, do ponto de vista quantitativo, que iniciou as atividades em 13 de outubro de 2020 e será encerrado em 30 deste mês. “A discussão desta resolução foi realizada com bastante cuidado em vários locais da Ufal: na Unidade Educacional de Penedo no dia 23 de novembro de forma presencial, no Ceca [Campus de Engenharias e Ciências Agrárias] no dia 27 de novembro de forma virtual e no Fórum dos Colegiados dos Cursos de Graduação, de 1º a 10 de dezembro. Além disso, a minuta da Resolução ficou hospedada no Google Drive entre os dias 3 e 10 de dezembro para receber contribuições das coordenações de curso. Vale destacar, ainda, que a Prograd, junto com as comissões constituídas, estudou o cenário nacional, a situação de outras Ifes [Instituições Federais de Ensino Superior], especialmente das universidades nordestinas”, justificou. 

Barros explica que a proposta está em sintonia com a maioria das Ifes. “Vamos trabalhar o ano letivo 2020 em dois períodos condensados de 15 semanas; retomar (continuar) a maioria das atividades de forma remota e avaliar continuamente o cenário epidemiológico para decidir as próximas etapas. Nesse amplo processo de construção, as equipes da  Prograd, NTI [Núcleo de Tecnologia da Informação], DRCA [Departamento de Registro e Controle Acadêmico], Copeve, CRCAs [nos campi do interior] e outros setores trabalharam de forma bem articulada junto ao Fórum dos Colegiados e outros setores para definir de harmonicamente os diversos fluxos operacionais previstos no calendário, que derivam da Resolução 80. Em todo esse processo, destaco essa grande missão liderada pela professora Eliane Barbosa, coordenadora da CCG da Prograd”, destacou.

O pró-reitor destaca as experiências positivas do PLE e anuncia  um seminário de avaliação em fevereiro, antes do início do semestre 2020.1. “As experiências do PLE são valiosas para enfrentarmos os próximos passos, um grande laboratório para todos nós, e, neste sentido, estamos planejando um Seminário de Avaliação do PLE para o início de fevereiro 2021. Neste seminário vamos garantir espaço para relatos de experiências exitosas implementadas durante este período por docentes e discentes de todos os campi e áreas da Ufal”, reforçou.

Calendário acadêmico

Até o início do semestre letivo 2020.1, que será em 22 de fevereiro, o novo calendário acadêmico prevê prazos para vários procedimentos e os estudantes devem ficar atentos. De 18 a 29 deste mês será o período para requerer reabertura de matrícula, rematrícula e prorrogação de curso; de 26 a 28 será o período para confirmação de matrícula em disciplinas isoladas [alunos provenientes de outras Instituições de Ensino Superior] no DRCA, em Maceió, e CRCAs, no interior; de 25 a 29 serão publicados os editais 2020.2 de reopção de cursos, mudança de turno, reingresso e reintegração, tudo isso no DRCA e CRCAs; e no dia 30 será o encerramento do PLE.

Em fevereiro haverá 15 dias de recesso acadêmico, de 1º a 15; de 8 a 12 serão feitos reajustes de matrícula na oferta acadêmica para 2020.1 nas respectivas coordenações de curso e na Prograd; de 8 a 12 também será feita análise dos Planos de Ensino dos docentes; e nos dias 18 e 19 haverá ajustes de matrícula nas coordenações de curso.

Confira abaixo a íntegra da Resolução 80 e anexos