Ufal e Casal celebram termo de cooperação técnico-científica

Pesquisas sobre saneamento serão feitas nos espaços físicos da Casal
Por Hiago Rocha – jornalista
28/09/2020 19h28 - Atualizado em 28/09/2020 às 19h34
context/imageCaption

Reunião na Casal para assinatura de termo de cooperação

A reitora em exercício da Universidade Federal de Alagoas, Eliane Cavalcanti, e o presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas, Clécio Falcão, firmaram termo de cooperação técnico-científica para realização de pesquisas na área de saneamento básico. A assinatura aconteceu nesta segunda-feira (28), na sede da Casal.

O documento garante atuação durante três anos. Abre-se um leque enorme com a assinatura desse documento para cooperação mútua na área do saneamento tão essencial às duas instituições, seja na oferta de serviço, seja na aplicação do saber. Como a Ufal não é restrita a um campo de conhecimento, vamos buscar outras formas para melhor servir ao cidadão, ao usuário do sistema”, pontuou a reitora em exercício.

De acordo com o presidente Clécio Falcão, a parceria com a Ufal confere respaldo para execução de vários projetos nos espaços físicos da Casal. “Nós temos a expertise do saneamento no dia a dia com o trabalho dos nossos técnicos, mas a parceria com a Universidade nos dá outras possibilidades e, assim, será de forma promissora”, pontuou.

De acordo com o professor Vladimir Caramori, diretor do Centro de Tecnologia (Ctec) da Ufal, trata-se de uma ação inédita da unidade acadêmica e dos cursos envolvidos no plano de trabalho do termo. “Já produzimos muito conhecimento. Teremos novos campos de pesquisa para mostrar a utilidade e a importância do conhecimento científico, a exemplo do monitoramento da rede de esgotamento sanitário como ferramenta de vigilância epidemiológica, inclusive, da presença de coronavírus”, disse Caramori.

A professora Nélia Callado vai representar a Ufal e será a responsável pelo acordo na Universidade. “É uma honra estreitar a relação entre a Ufal e a Casal. Passei quatro anos trabalhando nessa Companhia. Sempre busquei esse alinhamento científico de pesquisas realizadas sobre a Casal, a exemplo de dissertações e demais produções”, comentou Callado, docente do Ctec e coordenadora do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária.

O acordo prevê o desenvolvimento de pesquisa aplicada, além de assessorar o monitoramento e as adequações tecnológicas e ambientais dos sistemas de tratamento de água e de esgotamentos sanitários operados pela Casal. Entre os projetos a serem realizados estão a caracterização de águas e efluentes; avaliação do desempenho e realização de diagnóstico de estações de tratamento de esgoto; análises laboratoriais físico-químicas e bacteriológicas de água e efluentes, além do monitoramento e proposição de melhorias nos sistemas de tratamento de água e de esgotos.