Núcleo de Acessibilidade realiza acolhimento aos estudantes com deficiência

Ação de fluxo contínuo tem o objetivo de dialogar com os discentes matriculados
Por Blenda Machado - estagiária de Jornalismo
10/08/2020 16h28 - Atualizado em 12/08/2020 às 13h51
context/imageCaption

Equipe do NAC

O Núcleo de Acessibilidade (NAC) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) convida os estudantes com deficiência para abrir diálogo e construir um espaço de intercâmbio. Ao preencher o formulário que está disponível no linko estudante dará informações e o setor de Serviço Social entrará em contato para agendamento de entrevista on-line. A ação é de fluxo contínuo.

De acordo com a assistente social Danielly Spósito, o formulário tem como finalidade identificar o aluno com deficiência devidamente matriculado em curso de graduação ou pós-graduação da Ufal e, assim, direcionar o atendimento a ele, de acordo com a necessidade.

''A ideia é convidar estudantes com deficiências do Campus A.C Simões para serem acolhidos no NAC. Iremos entrar em contato para marcar a entrevista virtual. Essa ação ajuda a traçar metas e direcionamento quanto ao atendimento", afirmou ela.

Sobre o NAC

Em 2005 foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) o Programa  Incluir  (Programa de Acessibilidade na Educação Superior) objetivando fomentar a criação e a consolidação de Núcleos de Acessibilidade nas Universidades Federais, que seriam os orquestradores de ações institucionais para o desenvolvimento da inclusão de pessoas com deficiência na vida acadêmica na perspectiva de eliminar barreiras pedagógicas, arquitetônicas e na comunicação e informação, promovendo o cumprimento dos requisitos legais de acessibilidade.

A Ufal apresentou-se aos editais do Programa Incluir e foi contemplada em todos os anos. Em 2012, o Incluir alterou seu caráter e passou a ser uma ação universalizada para todas as instituições federais de ensino. A Ufal criou então o Núcleo de Acessibilidade, em 2013.

O NAC está localizado no Centro de Integração Comunitária (CIC), no Campus A.C. Simões da Ufal. A equipe é formada por um administrador, uma assistente social, um revisor de Braille e bolsistas.