Ufal Penedo retoma curso de extensão sobre competitividade turística

Próximos eventos virtuais acontecem dias 22 e 29 de junho
Por Simoneide Araújo - jornalista
17/06/2020 09h55 - Atualizado em 17/06/2020 às 16h56
context/imageCaption

A Unidade de Ensino de Penedo da Ufal retoma as atividades do curso de extensão Seminários de Competitividade Turística: Teoria e Pesquisa. Os próximos encontros virtuais vão acontecer nos dias 22 e 29  de junho, às 19h, e as inscrições são gratuitas. Quem tiver interesse em participar, basta acessar o link e se inscrever.

O professor da graduação em Turismo na Unidade Penedo da Ufal, Sandro Medeiros, coordena o curso que vai reunir nove seminários até 30 de novembro deste ano. Também conta com a participação dos professores Davy Baía e Valber Gregory, também da Unidade Penedo; do professor André Taboza, do Centro Universitário Mário Pontes Jucá, além da colaboração de docentes de duas instituições federais, Jefferson Oliveira da Silva Lacerda, docente do Departamento de Turismo e Hotelaria da UFPB, e Luciana Alves Rodas Vera, professora da Escola de Administração da Ufba.

A live do dia 22 será o primeiro dos nove seminários do curso. A palestrante convidada é Margarete Schmidt, que vai falar sobre Cognição e emoção: interfaces entre mente e cérebro na experiência emocional.. Ela é doutoranda em Neurociências pela UFMG, na linha de pesquisa Cognição e Comportamento, mestra em Administração e graduada em Psicologia. É pesquisadora qualitativa de mercado e opinião pública (Vox Populi, Ibope, Ipsos, entre outros).

A segunda live do curso será dia 29 de junho, será com a palestrante Helena Belintani Shigaki, que vai abordar o tema Influência das emoções no comportamento do consumidor. Ela é doutora em Administração (UFMG-2020), com período sanduíche na HEC – Montréal/Canadá; mestre em Administração (PUC Minas–2014); especialista em Gestão Estratégica de Marketing (PUC Minas–2012) e graduada em Administração (PUC Minas–2010). 

Helena Belintani é professora e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Administração do Centro Universitário Unihorizontes. Sua área de pesquisa é em comportamento do consumidor, neurociência aplicada ao marketing, marketing social, emoções, tomada de decisão, gestão contemporânea de marketing, marketing e sociedade e produtividade acadêmica. 

É professora visitante na pós-graduação lato sensu da Fundação Dom Cabral, na PUC Minas e Faculdades Milton Campos. Ela é cofundadora do Grupo Neurofaces [Neurociências e suas interfaces] na UFMG e de 2016 a 2018 foi coordenadora do grupo. Foi  Editora-chefe na Revista Horizontes Interdisciplinares da Gestão (2020). Líder de tema na divisão de Marketing do EnAnpad 2020 e EMA 2021 (Customer Centricity).

Abertura oficial teve webconferência com professor da USP

A abertura oficial do curso de extensão Seminários de Competitividade Turística: Teoria e Pesquisa aconteceu dia 8 de junho e contou com a participação do reitor da Ufal, Josealdo Tonholo. A webconferência foi com o professor Glauber Eduardo de Oliveira Santos, da Universidade de São Paulo (USP), que atraiu pesquisadores, docentes e estudantes de graduação e pós-graduação de todo o país. 

De acordo com Sandro Medeiros, o debate sobre o cenário da pesquisa e da pós-graduação em turismo no Brasil contou com time de acadêmicos renomados, encabeçado por Glauber de Oliveira, coordenador do Programa de Pós-graduação em Turismo da USP e editor da Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. 

Após a explanação do professor Glauber, houve a participação de debatedores com Susana de Araújo Gastal, do Programa de Pós-graduação em Turismo e Hospitalidade (PPGTURH) da Universidade de Caxias do Sul, uma das pioneiras nos estudos sobre o turismo no Brasil e responsável pela Revista Rosa dos Ventos. Os outros dois debatedores na live foram Aguinaldo Cesar Fratucci, do PPGTUR da Universidade Federal Fluminense, e a alagoana Marcela Ferreira Marinho, que levou para a discussão um olhar acerca da interdisciplinaridade para os estudos no campo do turismo. 

“A live de abertura durou quase três horas e teve participação engajada no chat público e comentários até o último instante acerca das reflexões proporcionadas pelos convidados. O curso visa à preparação dos participantes para o ingresso em programas nacionais de pós-graduação stricto sensu (mestrado) que trabalhem com linhas de pesquisa relacionadas ao comportamento do consumidor-turista e ao marketing de destinos turísticos”, revelou Medeiros.