Ufal apoia campanha Vire Carranca para defender o Velho Chico

Sétima edição do evento reforça corrente do Fique em Casa
Por Ascom SBHSF
25/05/2020 16h27 - Atualizado em 25/05/2020 às 21h01
context/imageCaption

Este ano, a campanha “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” exalta a vida e a saúde do rio São Francisco e de seu povo. É hora de valorizar a vida e lembrar que, apesar do isolamento e da dúvida, tudo isso vai passar. A campanha #virecarranca deste ano está acompanhando e fortalecendo essa corrente do bem, informando e trazendo as pessoas para a causa da revitalização e pela vida do Rio São Francisco – agora mais do que nunca.

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco enfrenta em 2020 um desafio diferente devido à pandemia do coronavírus. Na situação atual, falar sobre a preservação e cuidado com o Rio São Francisco serve como ponto de partida para um diálogo sobre a vida e a saúde das pessoas.

Obviamente essa temática sempre esteve presente, mas talvez nunca com tanta força e necessidade de ser abordada como hoje. 2020 começa com o rio em um momento especial, com grande volume de águas devido às cheias do último verão. No entanto, não é apenas um rio saudável, é um rio que impacta vidas ao seu redor, que é ponto comum entre centenas de milhares de pessoas. Um rio vivo, um rio ativo.

Por isso é hora de valorizar a vida e lembrar que, apesar do isolamento e da dúvida, isso vai passar. E, por isso, o conceito Velho Chico Vivo permeia todo o plano de comunicação da sétima edição da campanha “Eu viro carranca para defender o Velho Chico” e oferece ainda um espelhamento conceitual com variações muito interessantes.

Seguindo as recomendações das autoridades de saúde e, notadamente, da Organização Mundial da Saúde, a campanha deste ano tem como principal diferença a não aglomeração de pessoas, focando em mídia para a sua disseminação. Por meio de podcasts, spots para rádio, VTs para veiculação em televisão e na web, além das redes sociais, vamos nos comunicar com o nosso público, cumprindo, assim, nossa missão primordial: a revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.