Site reúne em tempo real dados cadastrados no app Covid Aglomerações

Gráficos dinâmicos mostram dias e locais com maiores aglomerações, além de mapa em tempo real
Por: Manuella Soares - jornalista - 08/05/2020 às 14h28 - Atualizado em 22/05/2020 às 13h46
context/imageCaption

Novo site Covid Aglomerações

O aplicativo gratuito Covid Aglomerações, criado pelo professor Márcio Ribeiro, do Instituto de Computação (IC) da Ufal está ajudando a identificar pontos onde há mais de três pessoas reunidas em todo o país. Para facilitar o acompanhamento em tempo real, a equipe do Laboratório de Engenharia e Sistemas (Easy/IC) envolvida no projeto, lançou um site onde é possível visualizar o mapa das aglomerações cadastradas.

O mapa registra os pontos das últimas 24 horas, e em outra aba, todas as informações que os usuários já sinalizaram em cores diferenciadas, considerando o número estimado de pessoas. Também ficam salvos os dados sobre local, dia e horário em que a aglomeração foi vista. Outro elemento que o visitante do site pode observar é um gráfico que indica se nenhuma, poucas, muitas ou todas as pessoas faziam uso de máscara no momento.

E como parte da ideia de levar o maior número de informação de forma acessível, foi criado um dashboard, que é um painel visual onde os indicadores relevantes do aplicativo ficam centralizados.

Nessa área, está disponibilizado um gráfico que forma a curva de aglomerações de acordo com o dia e o número de pessoas. É possível acompanhar o comportamento da população sobre o distanciamento social, de maneira mais dinâmica. Segundo os dados cadastrados, os dias 28 de abril e 5 de maio foram apontados pelos usuários do app como os de maior concentração de grupos. Dos quais tiveram 28 e 17 pessoas, respectivamente nessas datas.

Outro elemento que pode ser visualizado no dashboard é o ranking das dez aglomerações com o maior número estimado de pessoas. No topo da lista aparece uma empresa do segmento de contact center, gestão de relacionamento com clientes (CRM) e trade marketing, situada no bairro do Benedito Bentes, em Maceió. Outros locais que despontam na lista são agências bancárias, rede de supermercado e atacadistas, além do comércio do Jacintinho, que chegou ao 5º lugar com cerca de 200 pessoas, sem respeitar o distanciamento entre elas e sem utilização de máscaras.

Saiba mais sobre o app Covid Aglomerações, disponível para download na Play Store e, em breve, na Apple Store.