Materiais produzidos na Ufal ajudam hospitais e entidades beneficentes

LCCV e IQB atuam na produção de equipamentos de proteção individual e de higiene com o apoio de parceiros
Por: Ascom Ufal - 27/04/2020 às 15h10 - Atualizado em 28/04/2020 às 14h34
context/imageCaption

Equipes de diversos laboratórios têm produzido os materiais diariamente desde o dia 23 de março. Foto Aleck LimaAdufal

O trabalho de professores, técnicos e estudantes da Ufal para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus continua. Com o apoio de vários parceiros, a comunidade universitária tem produzido materiais indispensáveis que são utilizados pelos profissionais da saúde e demais trabalhadores que não podem parar suas atividades.

O Laboratório de Computação Científica e Visualização (LCCV), sob a coordenação do professor Adeildo Soares Ramos Júnior, já fez a entrega, até o dia 22 de abril, de 301 protetores faciais. Entre as unidades hospitalares que receberam o equipamento de proteção individual estão o Hospital Geral do Estado, o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HU), a Santa Casa de Misericórdia de Maceió, além das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Benedito Bentes e do Trapiche.

As atividades no LCVV foram iniciadas no dia 22 de março e até o dia 8 de maio, data estimada para o encerramento, os voluntários estimam a produção de cerca de 1.500 protetores faciais.

Produtos de higiene

No Instituto de Química e Biotecnologia (IQB) da Ufal, as atividades são concentradas na produção de materiais de higiene. As doações já foram feitas para hospitais, sistema prisional e várias entidades beneficentes, a exemplo de casas de idosos e que atendem moradores de rua.

Até esta sexta-feira (24), foram distribuídos 435l de hipoclorito de sódio 12%, 3.915l de água sanitária, 3.517l de hipoclorito de Sódio 1% diluídos, 6.936l de álcool 70° INPM diluídos e 3.376 de álcool Gel 70° INPM de produção do Instituto.

Para saber mais sobre as ações realizadas pelo LCCV e pelo IQB, confira os relatórios abaixo.