Aproveitamento da Ufal no exame da OAB é o 2º melhor do Nordeste

Curso de Direito da Ufal alcançou a 14ª maior taxa média de aprovação no Brasil
Por Manuella Soares - jornalista
14/04/2020 11h07
context/imageCaption

Ufal tem o 2º melhor desempenho do Nordeste no Exame da OAB

Com histórico de credibilidade e excelência, o curso de Direito da Ufal ganha, mais uma vez, destaque no exame que regulamenta a advocacia no país. De acordo com os dados divulgados na pesquisa Exame da Ordem em Números, a Ufal é a 2ª universidade do Nordeste que tem maior aproveitamento no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O ranking comtempla as cem instituições de ensino superior com maior taxa média de aprovação, conforme a pesquisa realizada numa parceria entre a Fundação Getúlio Vargas e o Conselho Federal da OAB, em comemoração aos dez anos de aplicação unificada. A Ufal alcançou a 14ª colocação no Brasil, subindo seis posições em relação à última edição da pesquisa, publicada em 2016. Das 15 primeiras, 14 são instituições públicas e apenas uma privada.

A maior instituição pública de ensino superior de Alagoas forma cem alunos por ano e os inscritos obtiveram a taxa média de 59,2 de aprovação nas três últimas edições das provas. A classificação da Ufal ficou à frente de universidades do Sul e Sudeste, como as federais do Rio de Janeiro (UFRJ), Fluminense (UFF), de Santa Catarina (UFSC), além da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e de São Paulo (PUC-SP).

Na lista do Nordeste a Ufal ficou atrás apenas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e mais uma vez foi a melhor de Alagoas. Muito além dos números, para a diretora da Faculdade de Direito de Alagoas da Ufal, Elaine Pimentel, esse resultado significa reconhecimento.

"A excelente colocação da FDA no Exame de Ordem revela a qualidade do ensino ofertado pela Universidade Federal de Alagoas, o compromisso do corpo docente e dos técnicos e a dedicação dos nossos estudantes, que reconhecem a importância do ensino superior público, gratuito e de qualidade!", destacou.

Confira a pesquisa completa no anexo.

Foco no ensino e na prática

Não por acaso o Ministério da Educação (MEC), a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e vários periódicos, apontam a graduação em Direito da Ufal como um dos melhores cursos jurídicos do país.

A FDA foi uma das primeiras faculdades de Direito do Brasil e a quarta a ser implantada no Nordeste. Chegando perto dos 90 anos de história, conta atualmente com cerca de 800 alunos distribuídos em 15 turmas e tem um corpo docente formado por 42 professores.

Para reforçar a prática de pesquisa e extensão, tem atividades em 12 grupos de pesquisa e entre os projetos de extensão de relevância estão: Projeto Prisional - Reconstruindo Elos; Mediação na Escola Pública; Constituição nas Escolas Públicas e o Jornal Viramundo, espaço de debates políticos.

A Faculdade, que possui a segunda maior atividade de extensão em atendimento pessoal da Universidade, contempla ainda um Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), que abriga o Fórum Universitário e Escritório Modelo de Assistência Jurídica (Emaj). O local é um espaço de prática para os alunos sob a orientação de professores e advogados na assistência às causas do público carente. Um destaque também para o programa de estágio voltado à comunidade de baixa renda, cuja atividade acadêmica beneficia residentes no entorno do Campus A.C. Simões.

Selo OAB Recomenda

Em 2019 a Ordem do Advogados do Brasil agraciou a Ufal, mais uma vez, com o selo OAB Recomenda, concedido às instituições que conseguem alcançar critérios como nota do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e índice de aprovação no Exame da Ordem.

Com mais esse resultado da pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, o trabalho realizado na Faculdade de Direito de Alagoas é enaltecido pela coordenação do curso.

“O recente resultado reforça o que vem sendo demonstrado, ao longo dos anos, pelos perfis de nossos egressos pelo Enade, pesquisas realizadas anualmente pelo Guia do Estudante e por prêmios como o ‘Selo OAB Recomenda’, colocando a FDA como curso jurídico de referência no cenário regional e nacional. A excelente colocação de nosso corpo discente traz orgulho e enaltece um trabalho contínuo pelo aperfeiçoamento institucional. Aproveitamos a oportunidade para parabenizá-lo pelo resultado – que mantém a trajetória honrosa de nossa Casa e que serve de exemplo para os demais”, ressaltou a coordenadora do curso de Direito, Juliana Jota.