MEC inicia campanha de prevenção ao novo Coronavírus

Saiba como se prevenir e onde buscar mais informações
Por Jacqueline Freire - jornalista colaboradora
11/03/2020 16h00
context/imageCaption

O Ministério da Educação divulgou ontem, um ofício circular com recomendações para prevenção ao novo Coronavírus. Segundo o documento, para prevenir a transmissão, recomenda-se que os membros da comunidade acadêmica adotem algumas medidas comportamentais. Essas recomendações são fundamentais, tendo em vista que as Universidades são ambientes fechados, com grande número de pessoas e com realização frequente de atividades coletivas.

O surgimento dos novos casos confirmados na China e Europa, em janeiro deste ano, preocupou pessoas em todo o mundo. Recentemente, um caso confirmado no Estado de Alagoas, trouxe ainda mais preocupação para a população alagoana. Para evitar fake News e contribuir para a disseminação de informações de qualidade, a Universidade Federal de Alagoas entra na campanha e apresenta as principais estratégias de prevenção ao vírus.

A doença causada pelo Coronavírus é semelhante a uma gripe mais forte, com sintomas que variam entre febre, tosse, dor no peito e garganta, fadiga e dificuldade de respirar. Como não existe vacina para prevenir a infecção e não há tratamento específico para o Coronavírus humano, o indicado é repouso e consumo bastante água, além de medicações para combater os sintomas, antitérmicos e analgésicos.

Para prevenção, é preciso estar alerta às medidas de higiene e contato com secreções do trato respiratório. As estratégias mais indicadas pelo Ministério da Saúde são:

 ✔ Lavar as mãos com água e sabão, por pelo menos 20 segundos. Na ausência de água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

✔ Evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

✔ Evitar aglomerações e o contato próximo e direto com pessoas doentes, em particular com infecção respiratória.

✔ Evitar sair à rua, ir ao trabalho ou à escola quando doente.

✔ Cobrir boca e o nariz com um lenço de papel para tossir ou espirrar (nunca usar as mãos), jogando o papel no lixo, ou usar a dobra do braço para tossir ou espirrar, evitando a dispersão de gotículas no ambiente e jogar no lixo.

✔ Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência quando doente.

✔ Não compartilhar objetos pessoais, como copos, garrafas, pratos e talheres.

✔ Manter os ambientes bem ventilados com janelas abertas para saída de ar.

✔ Tomar bastante líquido e manter-se hidratado.

Coronavírus

Os Coronavírus são vírus RNA da ordem do Nidovirales da família Coronaviridae. A subfamília é composta por quatro gêneros Alfacoronavírus, Betacoronavírus, Gammacoronavírus e Deltacoronavírus. Responsáveis por infecções respiratórias e intestinais em humanos e animais, foram identificados desde os anos 1960, conhecidas apenas seis cepas capazes de infectar humanos, incluindo o SARS-CoV (Síndrome Respiratória Aguda Grave – SARS – Severe Acute Respiratory Syndrome) e a MERSCoV (Síndrome Respiratória do Oriente Médio – Middle East Respiratory Syndrome) até a detecção da nova variante, na China, na cidade de Whuan, denominada 2019- nCoV, até então não identificada em humanos. (Fonte: Plano de Contingência Estadual para Infecção Humana pelo novo Coronavírus 2019-nCoV)

Saiba mais aqui e aqui.