Jabuticaba é destaque em evento que será realizado em Palmeira dos Índios

Circuito Jabuticaba acontece em parceria com a Ufal, por meio de projeto Iniciação científica
Por: Pedro Ivon - estagiário de Jornalismo - 09/03/2020 às 18h22

A sede da Cooperativa Mista de Produção e Comercialização Camponesa do Estado de Alagoas (Coopcan), localizada na Serra das Pias, em Palmeira dos Índios, será o local onde acontecerá o Circuito Jabuticaba, com o tema Do campo ao vinho. No evento, a comunidade da Serra das Pias apresentará o vinho de jabuticaba, além de outros produtos feitos com frutas locais. O Circuito ocorre em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), no dia 11 deste mês, das 9h às 18h.

“Dos mais de 400 pés de jabuticaba espalhados, nenhum foi plantado pelas pessoas do lugar. Todas as árvores já existiam e, desde 1970, começaram a fazer o vinho. Agora buscam produzi-lo de modo padrão”, explicou o professor Carlos Costa, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (Feac).

Segundo o docente, a parceria com a Ufal se dá a partir do projeto do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), da Feac, intitulado Saberes e Sabores do Semiárido Alagoano: participação na gestão do beneficiamento de frutas nativas a partir da multidimensionalidade e das relações institucionais.

Por meio do projeto, a Ufal auxilia na análise do vinho produzido, feita no laboratório do curso de Engenharia Química. A partir disso, é possível encontrar um sabor padrão. “Além do padrão, iremos indicar o valor nutricional e teor alcoólico do vinho, que, na verdade, é uma bebida fermentada”, esclareceu Costa.

Além do vinho de jabuticaba, o evento trará a comercialização de outros produtos feitos com a fruta, além de artesanatos e outros itens regionais.

Saberes e Sabores do Semiárido Alagoano

De acordo com o professor, o projeto Saberes e Sabores do Semiárido Alagoano surgiu como uma descoberta de sua tese, sobre relações institucionais. “Percebi que seria importante aproximar a instituição Estado, a Ufal, à instituição Comunidade, os produtores rurais do vinho de jabuticaba, trocando saberes e apoiando o desenvolvimento local”, explicou.

O projeto é composto por alunos de três cursos diferentes, Engenharia Química, Administração e Contabilidade. O grupo teve um artigo aprovado no Encontro Internacional de Convivência com o Semiárido, que aconteceu no Centro Xingó, em Piranhas, em 2019. Em fevereiro veio outra conquista, com mais um artigo aprovado, desta vez no Encontro Nacional de Pesquisadores em Gestão Social (Enapegs), que será realizado em maio deste ano. Este evento reúne pesquisadores de todo o Brasil para falar sobre economia solidária e ações de gestão social.