Curso de Engenharia de Energia tem sua primeira defesa de TCC

Emerson Ribeiro apresentou trabalho sobre custos da prevenção e dos acidentes na implementação de Sistemas Solares Fotovoltaicos
Por Izadora Garcia - relações públicas
28/02/2020 16h29
context/imageCaption

Curso de Engenharia de Energia teve início em 2014 e aprova este ano seu primeiro TCC, com o estudante Emerson Ribeiro (Fotos: arquivo pessoal)

O curso de Engenharia de Energia, do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (Ceca), recebeu sua primeira defesa de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na última sexta-feira (14). Orientado pela professora Andréa Vasconcelos, o estudante Emerson Ribeiro apresentou o trabalho Análise comparativa dos custos de prevenção e dos acidentes de trabalho na implementação de Sistemas Solares Fotovoltaicos.

Na ocasião, estiveram presentes os componentes da banca, colegas de classe e professores do estudante. O coordenador do curso, Márcio André Araújo, e o coordenador de TCC, Ricardo Araújo Ferreira, também prestigiaram o momento.

Para Emerson, que está concluindo a última disciplina da graduação, ter seu nome no primeiro TCC apresentado no curso é uma grande honra. “Fica o sentimento de orgulho pelo dever cumprido e por fazer parte da história do curso de Engenharia de Energia. Sou muito grato pelos direcionamentos que tive no decorrer da minha trajetória acadêmica, pois eles possibilitam o desenvolvimento de um trabalho em uma área que tenho afinidade”, explicou.

De acordo com o estudante, a ideia para o trabalho surgiu após a conclusão da monitoria da disciplina de Segurança do Trabalho. “Senti a necessidade de estudar os impactos dos custos com segurança no ramo da energia solar e sua eficiência enquanto ferramenta de gestão. Os resultados foram bem interessantes, pois conseguimos traçar um perfil socioeconômico dos atores do segmento e foi possível perceber que a informação é, de fato, um instrumento crucial para a gestão da segurança no trabalho”, avaliou.

Além de ter sido o primeiro estudante a encerrar este ciclo, Emerson também fez história fundando o Centro Acadêmico da Engenharia de Energia (Caer) e sendo um dos idealizadores da Renotec - Soluções Energéticas, empresa júnior do curso. Agora o estudante dará mais um importante passo em sua formação: foi aprovado em um programa de pós-graduação na própria Ufal e começará seu mestrado em breve.

O curso

O curso de Engenharia de Energia foi criado em 2014, ainda com o nome de Engenharia de Energias Renováveis. A graduação, ofertada no Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (Ceca), localizado no município de Rio Largo, é em tempo integral, tem a duração mínima de 10 períodos e disponibiliza 55 vagas por ano, sendo 30 destinadas ao primeiro semestre e 25, ao segundo. A mudança na nomenclatura veio em 2019, com o objetivo de atender melhor às necessidades dos egressos.

Com a formação, é possível atuar na esfera pública ou privada, traçando estratégias para o setor