Violência como causa social é tema de palestra de jornalista e cineasta

O alagoano radicado no Rio de Janeiro, Jorge Oliveira, fará atividade da Ufal na próxima quarta-feira (29)
Por Ascom Ufal
27/01/2020 11h35
context/imageCaption

Foto: Reprodução da Internet

O premiado jornalista e cineasta alagoano Jorge Oliveira, de passagem por sua terra natal para lançar o seu novo livro, Máfia das Caatingas, da Fundação Astrojildo Pereira, estará na  Universidade Federal de Alagoas com a palestra Alagoas em movimento: a violência como causa social. A atividade vai ser realizada no auditório do Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Igdema), na próxima quarta-feira, dia 29 de janeiro, às 14h.

O evento na Ufal é organizado pelo Igdema, com a colaboração do Programa de Pós-Graduação em Geografia e do Centro Acadêmico de Geografia.

Jorge Oliveira iniciou a carreira de repórter em Maceió na década de 1960, e se tornaria um respeitado jornalista no Rio de Janeiro, onde se fixou a partir de 1969. Passou pelos principais jornais do país e conquistou o Prêmio Esso de Jornalismo e o Prêmio DER de Reportagem.

No cinema, dirigiu documentários que lhe conferiram reconhecimento e mais de 20 prêmios. O longa-metragem Perdão, Mister Fiel foi agraciado com 14 prêmios em diferentes festivais de cinema. Olhar de Nise, sobre Nise da Silveira, foi várias vezes premiado no Brasil e no exterior.

Em 2013, Jorge foi homenageado na Brazilian Endowment for the Arts (BEA), em New York, com a exibição de suas obras.

É autor dos livros: Eu não matei Delmiro Gouveia – maior erro judiciário do Brasil; Curral da morte; Muito prazer, eu sou a morte e Campanha política – como ganhar uma eleição: regras e dicas. Com a obra mais recente, Máfia das Caatingas, o autor encerra a trilogia que iniciou com Curral da morte.