Propep suspende reconhecimento de diplomas estrangeiros

Interrupção é necessária para a readequação do serviço e deve durar até janeiro
Por: Ascom Ufal - 11/09/2019 às 13h13 - Atualizado em 18/09/2019 às 10h56
context/imageCaption

Com adaptação ao sistema do MEC e treinamento de servidores, processo deve ficar mais célere

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propep) publicou, na última segunda-feira (9), uma nota técnica informando sobre a suspensão temporária da abertura de processos para reconhecimento de diplomas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior.

De acordo com Neide Nobre, servidora responsável pelo trâmite, a medida é necessária para que a Universidade Federal de Alagoas (Ufal) consiga treinar servidores e reorganizar a forma de prestar o serviço de uma maneira que se adeque à crescente demanda, garantindo celeridade e transparência.

Além disso, a Pró-reitoria pretende realizar a adaptação plena do processo à Plataforma Carolina Bori. O sistema online, criado pelo Ministério da Educação (MEC), ajuda a gerir e controlar a revalidação e o reconhecimento de diplomas estrangeiros no Brasil, reunindo as instituições de ensino superior que prestam o serviço.

Ainda não há uma previsão para a retomada dos reconhecimentos, mas a ideia é que a suspensão dure, no máximo, até janeiro do próximo ano. Processos que já estão em andamento e ainda não foram finalizados não serão prejudicados.