Bienal lança edital para seleção de estudantes

Serão selecionadas 170 pessoas para atuarem como monitores; inscrições vão de 23 de setembro a 4 de outubro e devem ser feitas on-line
Por: Estêvão dos Anjos - jornalista colaborador - 17/09/2019 às 14h29 - Atualizado em 20/09/2019 às 14h38

A Comissão Organizadora da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas publicou, na noite da última sexta-feira (13), o Edital de Processo Seletivo de Estudantes para atuarem como monitores no evento. Ao todo, serão selecionadas 170 pessoas regularmente matriculadas em cursos de graduação presencial da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e com carga horária de 60 horas disponíveis no período do evento. As inscrições serão abertas a partir do dia 23 de setembro e terão seu término no dia 4 de outubro.

Dessas vagas a serem preenchidas, 10 deverão ser ocupadas por pessoas que cursam Comunicação Social e Design, e outras 10 são destinadas a estudantes de graduação em Artes/ICHCA, além de 20 ofertadas a pessoas que cursam algum dos cursos técnicos disponibilizados pela Escola Técnica de Artes (ETA) da Ufal.

Os selecionados receberão R$ 300, após o período de realização da Bienal, além de certificado emitido pela Comissão Organizadora com a carga horária proporcional às atividades realizadas. Todas as atividades e atribuições dos monitores estão no edital, bem como os critérios de avaliação, a disposição das vagas, o formulário de inscrição, os documentos necessários, além de outras informações.

A Bienal acontece de 1º a 10 de novembro de 2019, em Maceió, no histórico bairro de Jaraguá, em equipamentos culturais como o Arquivo Público Municipal, o Instituto Histórico do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan), o Museu da Imagem e Som, a Associação Comercial e em espaços externos estruturados, como a Praça Dois Leões e a Praça 18 de Copacabana.