Projeto de extensão arrecada materiais para associação de idosos

A partir das estratégias de comunicação, alunos de Relações Públicas desenvolvem campanha que visa doações de roupas e alimentos
Por: Valdenys Virtuoso, Vitória Vilarim e Mayra Dias - estudantes de Relações Públicas - 06/08/2019 às 09h55
context/imageCaption

Participantes do proejto arrecadam doações para o 'Amigos em Ação'

Um grupo de alunos, graduandos do primeiro período do curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Alagoas, criou o projeto de extensão Amigos em Ação Merece Atenção, sob a orientação da professora Manuela Callou. Com o objetivo de conseguir doações, a equipe está desenvolvendo uma campanha de arrecadação de alimentos, roupas adultas (masculinas e femininas), fraldas tamanho G, produtos de limpeza, entre outros itens. 

O trabalho também visa o recrutamento de voluntários graduandos nas áreas de enfermagem, psicologia e serviço social. O projeto está sendo divulgado nas redes sociais, na FanPage do Facebook com o mesmo nome da camapanha e no do Instagram @associação_amigosemacao. 

As doações podem ser realizadas até o dia 19 de agosto, por meio de dois pontos de coleta: na entrada do COS (Bloco de Comunicação Social) e na entrada da Biblioteca Central, ambos munidos de cartazes e caixa para recolhimento. Ao final, as doações serão entregues na Associação de Abrigo de Idosos Amigos em Ação, localizada no bairro do Clima Bom, em Maceió-AL. 

O local funciona com doações da comunidade do entorno e conta com a ajuda dos próprios moradores. O grupo ressalta a importância de dar visibilidade ao projeto para alcançar novas doações, garantindo a qualidade de vida dos idosos, e para reafirmar o compromisso da Universidade com o bem-estar social. “As estratégias de Relações Públicas promovem as atividades do abrigo e divulgam as suas necessidades para que os públicos envolvidos com a instituição recebam ajuda material, psicológica e emocional. Tudo isso, movido pelo sentimento de solidariedade com as comunidades, que precisam de comida, carinho e atenção”, destacam os membros do projeto.