Comissão avalia positivamente primeiro dia de consulta

Quinta-feira (8) é o último dia para comunidade universitária participar
Por: Ascom Ufal - 07/08/2019 às 20h30 - Atualizado em 08/08/2019 às 15h36

Amanhã, quinta-feira (8), é o último dia de consulta à comunidade universitária para composição da chapa do cargo de reitor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Estudantes, técnicos e docentes podem participar da consulta no horário de 9h às 21h. Para votar é preciso apresentar um documento de identificação com foto.

No período da manhã desta quarta-feira, votaram os candidatos inscritos Josealdo Tonholo (Chapa 1 – Ufal Mais), Alexandre Toledo (Chapa 3 - Endireita Ufal) e José Vieira (Chapa 4 - Compromisso e Ação). Já atual reitora e candidata Valéria Correia (Chapa 2 - Outra Ufal Resiste) votou no período da tarde.

Ao fazer uma avaliação do primeiro de votação, a professora Sandra Lira, integrante da Comissão Coordenadora da consulta, afirmou que está tudo funcionando muito bem, que o processo está abarcando o estado todo e, conversando com os mesários, está tudo tranquilo”. “Estamos muito felizes, pois está correndo muito bem, um sucesso, as chapas concorrentes alegres, com suas vestes e suas cores, as cores da democracia dentro da Ufal”, destaca Lira. Segundo a docente, a comunidade universitária está vindo para votar e o balanço é positivo. Todo mundo correndo, muito cansado, mas também uma colaboração grande da própria comunidade universitária, que está dizendo que vai defender a democracia, vai defender a gestão democrática e a autonomia da Universidade”.

Ao falar sobre o processo de consulta, a docente ressalta que esse momento representa uma afirmação da autonomia universitária”. E relembra: “Nós conquistamos, na Constituição de 88, o princípio da autonomia da universidade, e a autonomia é didática, é pedagógica, é administrativa, é financeira, então, a comunidade universitária tem o direito de escolher os seus gestores”. Ainda de acordo com a professora, “ninguém mais do que própria comunidade universitária tem as condições de dizer quem dentre seus quadros está mais capacitado, quem tem mais condições de liderar, pois não é só uma questão administrativa, mas uma questão de legitimidade, de uma liderança que vai se colocar para dirigir a instituição nos próximos quatro anos. Nós não abrimos mão do nosso direito de fazer essa escolha, por isso, estamos indo às urnas. Como sempre fizemos”. A docente conta que, desde 1985, Sintufal, Adufal e DCE conduzem a consulta à comunidade universitária e leva ao Conselho Universitário (Consuni) a vontade expressa pelos integrantes.

Saiba onde votar

No Campus A.C. Simões, a Reitoria é o local de votação para professores e técnicos. Estudantes votam na quadra fechada do Instituto de Educação Física (Iefe). No Memorial do Hospital Universitário (HU), podem votar professores, técnicos e estudantes que sejam funcionários do hospital. Já os docentes que estão atuando hoje e amanhã fora de seu local de origem poderão votar em trânsito em qualquer unidade. O Centro de Ciências Agrárias (Ceca) e os polos de educação a distância também contam com locais para a comunidade participar da consulta.

Há também urnas nos campi Arapiraca e do Sertão (Delmiro Gouveia), e suas respectivas unidades educacionais em Palmeira dos Índios, Penedo, Viçosa e Santana do Ipanema. As urnas disponíveis na Escola Técnica de Arte (ETA) contemplam a comunidade acadêmica do Espaço Cultural, Museu Théo Brandão, Museu de História Natural e Usina Ciência.

De acordo com dados divulgados pela Comissão Coordenadora da consulta, formada por representantes da Associação dos Docentes (Adufal), Sindicato dos Trabalhadores (Sintufal) e Diretório Central dos Estudantes (DCE), são 23.882 estudantes, 1.799 docentes e 1.718 técnicos aptos a participar do processo, totalizando 27.399 eleitores.

A apuração das urnas será realizada a partir do dia 9 de agosto, às 8h, por uma Junta Apuradora designada pela Comissão Coordenadora da Consulta e diante da presença dos fiscais das chapas inscritas.

Chapas inscritas

Os candidatos estão inscritos em quatro chapas: Chapa 1 ( Ufal Mais) composta por Josealdo Tonholo e Eliane Cavalcanti; Chapa 2 (Outra Ufal Resiste) encabeçada pela atual reitora Valéria Correia e Ângela Canuto; Chapa 3 (Endireita Ufal) que tem os professores Alexandre Toledo e Célia Nonata; e Chapa 4 (Compromisso e Ação) com José Vieira candidato a reitor e Tânia Voronkoff como vice.

Normas para dos dias da consulta

Ao divulgar as Normas Complementares para os dias da consulta, a comissão informa que, durante os dias de votação, “aulas e demais atividades administrativas e técnicas serão realizadas de forma regular, sem interrupções”. E adverte que “não será permitida a propaganda nas proximidades dos locais onde as urnas estão instaladas, sendo preservada a liberdade de escolha e privacidade”. Ainda de acordo com o documento, “manifestações de apreço às candidaturas, individuais ou em grupo, por parte dos membros da Comunidade Universitária não poderão atrapalhar as atividades de aulas ou técnicas e administrativas”, nem causar constrangimentos para os votantes.