Fórum de Gestores discutiu ações para as atividades-fim da Universidade

O evento foi realizado neste dia 4, no auditório da Reitoria
Por: Izadora Garcia - relações públicas - 05/04/2019 às 11h08 - Atualizado em 03/06/2019 às 15h05
context/imageCaption

A quinta-feira foi dedicada aos debates com os gestores da Ufal. Fotos: Thiago Prado

Na manhã desta quinta-feira (4), as atividades do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) foram retomadas, no auditório da Reitoria. O Fórum dos Gestores reuniu diretores e coordenadores de curso, servidores técnicos, pró-reitorias e representantes sindicais e do Diretório Central dos Estudantes (DCE) para discutir o plano de ação para as atividades-fim da Universidade.

A reitora Valéria Correia e o vice-reitor José Vieira participaram da mesa de abertura do Fórum. Na fala inicial, a reitora frisou a importância de um processo democrático, transparente e participativo como instrumento de controle social do que é projetado para a Universidade. “Gostaria de destacar a importância de, pela primeira vez na história da Ufal, o PDI estar sendo realizado de forma participativa. Queremos saber de que forma os membros da comunidade universitária e a sociedade alagoana em geral projetam a Ufal nos próximos cinco anos”, enfatizou.

Ela continuou a fala explicando um pouco da metodologia do PDI e como os trabalhos têm sido organizados desde 2017. “Há dois anos, instituímos uma Comissão Central formada pelos segmentos docente, técnico e estudantil, representados pelos sindicatos e pelo Diretório Central dos Estudantes [DCE]. Essa comissão propôs os objetivos estratégicos que passaram pela validação popular na etapa da consulta pública. E agora estamos na etapa dos Fóruns Temáticos, nos concentrando em um plano de ação para tentar atingir esses objetivos. Por isso a participação de vocês é fundamental”, continuou.

Seguindo o modelo adotado pelo Fórum de Pró-reitores de Planejamento e Administração (Forplad), o PDI da Ufal será centrado nas atividades-fim da Universidade. Por isso, ensino, pesquisa e extensão foram as temáticas levantadas no Fórum dos Gestores. As questões de gestão institucional e de pessoas, infraestrutura e assistência estudantil terão o papel de subsidiar essas atividades.

Para todos os eixos estruturantes, foram apresentadas séries históricas dos indicadores da Universidade, interpretadas de acordo com a conjuntura das universidades e com fatos que tiveram, comprovadamente, impacto na flutuação dos números. Esses dados embasaram tanto a elaboração dos objetivos estratégicos quanto das ações propostas.

Após a apresentação, o espaço foi aberto para perguntas e sugestões.