Ufal e Sociedade entrevista o professor Lindemberg Medeiros

O pesquisador compõe a Força-tarefa sobre o derramamento de óleo no litoral e fala sobre os efeitos do acidente sobre o turismo
Por: Lenilda Luna - jornalista - 02/12/2019 às 11h10 - Atualizado em 05/12/2019 às 15h45
context/imageCaption

Professor Lindemberg Medeiros em entrevista à Radio Ufal

No programa Ufal e Sociedade, veiculado na Rádio Ufal desta segunda-feira (2), o professor Lindemberg Medeiros avaliou os impactos do derramamento de óleo no litoral nordestino sobre o turismo em Alagoas. Segundo o pesquisador, que tem doutorado e pós-doutorado em Planejamento Turístico, as notícias do acidente e as imagens que circularam nas redes sociais causaram cancelamentos e redução de consultas sobre o destino turístico. 

Lindemberg detalha que o impacto das informações é maior para os turistas que vêm de lugares mais distantes. “Os turistas que vivem fora do país ou na região sul e sudeste do Brasil, quando recebem notícias de que mais uma praia nordestina foi atingida pelo óleo, não conseguem diferenciar em que parte do Nordeste aconteceu o registro. Para quem é de fora, o nordeste como um todo está sendo atingido. Por isso, as recorrentes notícias e imagens das manchas nas praias também têm efeito negativo em Alagoas”, explicou o professor. 

A experiência da Força-tarefa organizada para integrar os pesquisadores da Ufal no enfrentamento aos efeitos do derramamento do óleo foi destacada pelo professor como fundamental para dar respostas à sociedade alagoana. “A força-tarefa permitiu uma interação dos pesquisadores de diversas áreas de conhecimento para atuarem conjuntamente e ressalta o protagonismo da Ufal no estado de Alagoas, assim como é uma demonstração da sensibilidade da reitora Valéria Correia com as questões sociais”, destacou Lindemberg. 

Escute a entrevista completa no podcast da Rádio Ufal.