Eventos abordam uso de produtos de satélites na agricultura

Inscrições já estão abertas; eventos serão realizados nos dias 29 e 30 deste mês
Por Ascom Ufal
07/10/2019 07h35 - Atualizado em 04/10/2019 às 10h34
context/imageCaption

Seminário e treinamento são promovidos pelo Lapis-Ufal em parceiros

O Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis/Ufal) abriu inscrições para um seminário e um treinamento sobre o uso de produtos de satélites na agricultura. Os eventos serão realizados em Maceió, nos dias 29 e 30 de outubro.

Nesta edição, além da já consolidada parceria com a Agência Europeia para Exploração de Satélites Meteorológicos (Eumetsat), o Lapis realiza os eventos em parceria com o Sebrae Alagoas e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Alagoas (Faeal).

O seminário Meteorologia por satélite aplicada à agricultura será no dia 29, no auditório da Faeal, das 8h às 14h. A inscrição é gratuita e pode ser feita exclusivamente pelo telefone do Sebrae Alagoas: 0800 570 0800.

De acordo com a organização, o objetivo é auxiliar profissionais envolvidos com o setor agrícola para uma compreensão mais ampla dos produtos derivados de satélites, na aplicação da informação agrometeorológica, visando melhorar os resultados da produção agrícola.

O Seminário é voltado a engenheiros, agrônomos, técnicos e produtores rurais. Também destina-se a meteorologistas, ambientalistas, geólogos e hidrólogos, envolvidos no gerenciamento de recursos do solo.

Treinamento ensina como utilizar na prática geotecnologias no setor agrícola

O Lapis da Ufal também está promovendo o treinamento intitulado Uso de produtos de satélites aplicados à agricultura, no mesmo local, no dia 30 de outubro, das 8h às 17h. A inscrição pode ser feita clicando aqui.

O objetivo é treinar lideranças e empreendedores do setor agrícola para elaborar produtos de satélites que contribuam para o planejamento dessa cadeia produtiva.

O curso prático é direcionado a representantes de secretarias de agricultura ou de meio ambiente dos municípios, técnicos agrícolas, lideranças de sindicatos de trabalhadores rurais ou de organizações sociais, produtores rurais e empreendedores interessados em geotecnologias.

Este é o único treinamento presencial, realizado pelo Lapis, somente uma vez por ano. São disponibilizadas 20 vagas.