Avaliação do Inep atribui conceito quatro ao curso de Letras Espanhol

Em dois anos, curso evoluiu sua nota de três para quatro
Por: Pedro Ivon – estagiário de Jornalismo - 30/10/2019 às 08h25 - Atualizado em 29/10/2019 às 12h34

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep) avaliou o curso de Letras Espanhol, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e após as considerações finais da comissão foi atribuído o conceito final quatro, em uma escala de um a cinco. A avaliação in loco realizada pela comissão do Inep ocorreu entre os dias 7 e 8 deste mês.

“Com o resultado alcançado na última avaliação do MEC colhemos todo o esforço do corpo docente, técnico e discente do curso, sem desconsiderar o acompanhamento cuidadoso da gestão central e suas pró-reitorias”, disse a professora Rita de Cássia, diretora do curso de Letras.

Durante a avaliação foi estabelecido um intenso diálogo com a comunidade da Faculdade de Letras (Fale), com os dirigentes da Gestão Central, com a Comissão Própria de Avaliação e com a Comissão de Auto Avaliação da unidade acadêmica. “Esse resultado é reflexo de todo um empenho da coordenação, que não mediu esforços de conseguir resolver todas as questões pertinentes à formação de Letras Espanhol, dos convênios aos laboratórios”, ressaltou a Procuradora Educacional Institucional, Jusciney Carvalho.

Ela também afirmou que a mudança do conceito três para quatro, nos últimos dois anos, é um reflexo da busca pela qualidade acadêmica que a Ufal vem conseguindo alcançar em sua trajetória. A professora Rita afirmou que a prioridade agora seria direcionar os esforços para que a língua espanhola se fortaleça no Estado e “seja referência na formação do cidadão alagoano para ações estratégicas locais e globais”.