Portal do Governo Brasileiro

Seminário sobre conjuntura política é aberto com debates e palestra de professor da Unicamp

A mesa de abertura contou com a presença da reitora, do presidente da Adufal e do diretor do Cedu; Programação encerra nesta terça-feira
Por: Amanda Alves – estagiária de Relações Públicas - 11/09/2018 às 14h19 - Atualizado em 12/09/2018 às 11h39
context/imageCaption

Seminário foi aberto no auditório da Reitoria. Fotos: Renner Boldrino

Na manhã da segunda-feira (10), ocorreu a abertura do Seminário Conjuntura política, Trabalho e Educação, no auditório da Reitoria. O evento é promovido pela Associação dos Docentes da Ufal (Adufal), em parceria com o Centro de Educação (Cedu), e visa promover o conhecimento e a discussão sobre assuntos relacionados à categoria docente, o cenário político atual e a educação.

Na mesa de abertura, estavam presentes a reitora Valéria Correia, o diretor do Cedu, Jorge Eduardo, e também o presidente da Adufal, Jailton de Souza Lira. Na oportunidade, a reitora parabenizou aos organizadores pela iniciativa e realização do evento, e fez algumas reflexões sobre a conjuntura política atual e o cenário da ofensiva neoliberal.

‘’Temos observado algo nesse cenário, que o alvo tem sido as universidades, os pesquisadores, enfim, um cenário muito difícil. Eu poderia classificar essa ofensiva contra as universidades públicas brasileiras em um cenário dos cortes financeiros’’, pontuou a reitora. Após isso, ela fez um breve comentário sobre o corte de gastos que a Universidade sofreu em 2016, que teve R$ 23 milhões a menos que 2015, que consistiu numa redução dos recursos de capital, que diz respeito ao investimento das obras e os equipamentos. E em 2017, a reitora ainda afirmou que as universidades brasileiras tiveram em torno de 84% a menos nos recursos de investimento.

Valéria ainda comentou sobre a criminalização de reitores e pesquisadores no país, citando alguns casos, como o da pesquisadora Débora Diniz. “O caso mais recente é da Débora Diniz, professora da Universidade de Brasília (UnB), que inclusive está saindo do país, porque tem estudos sobre a descriminalização do aborto. Então, dentro desse cenário nacional, eu não poderia deixar de mencionar a preocupação com o que estamos vivenciando”, comentou.

Eduardo ressaltou a necessidade de todos compreenderem que a Universidade é um espeço de resistência na sociedade. E Jailton comentou que o seminário foi a forma encontrada para promover um debate sobre o tema, destacando que o número de inscritos superou a edição anteriormente realizada.

Mesa de abertura

A mesa de abertura teve como tema Análise conjuntural da crise política brasileira, cujo palestrante foi o professor titular de ciência política da Unicamp, Arnaldo Boito Júnior. O objetivo foi realizar uma breve discussão e apresentação ampla da política brasileira contemporânea. Alguns dos principais temas debatidos foram: o golpe parlamentar em 31 de agosto de 2016 e o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, partidos políticos, capital internacional, neoliberalismo e um breve comentário sobre o governo Temer. Ao final da palestra, Arnaldo respondeu algumas dúvidas dos participantes.

Programação

O evento continua durante toda esta terça-feira, com encerramento às 21h30. Confira:

10h: Mesa 3: Previdência Pública: quais as alternativas?
Local: Auditório do Centro de Educação (Cedu)

Participantes: Menezes Gomes (Ufal/Santana), Antônio José de Carvalho (Ajufe)

Coordenação: Jailton Lira

Encerramento: 11h30

14h: Mesa 4: Assédio moral no trabalho e adoecimento do trabalhador
Local: Auditório do Centro de Educação (Cedu)

Participantes: Alda de Barros Araújo (TRT), Ruth Vasconcelos (Ufal)

Coordenação: Maria Aparecida Oliveira (Adufal)

Encerramento: 15h45

16h: Mesa 5: Carreira docente no ensino superior
Local: Auditório do Centro de Educação (Cedu)

Participantes: Amauri Barros (Ufal), Marcio Barboza (Ufal), Antônio Gonçalves Filho (Andes-SN)

Coordenação: Socorro Dantas (Adufal)

Encerramento: 17h45

19h: Mesa 6: O Brasil pós-golpe e as perspectivas políticas, econômicas e sociais
Local: Auditório do Centro de Educação (Cedu)

Participantes: Luciana Santana (Ufal), Lorena Monteiro (Unit), Luiz Gomes (Uneal), Carlos Müller (Adufal)

Coordenação: Ana Maria Vergne (Adufal)

Encerramento: 21h30